segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Título inédito do Votuporanguense teve arrancada na segunda fase

Com informações da FPF
Foto: Alex Jamberço / CAV

Elenco campeão da Copa Paulista de 2018: time teve arrancada na segunda fase

O Votuporanguense é o mais novo campeão da Copa Paulista. Neste domingo (2), o time derrotou a Ferroviária nos pênaltis, em Araraquara, e levantou a taça de forma inédita. A campanha histórica, termina com 57,6 de aproveitamento. Integrante do Grupo 1, o Votuporanguense fez uma fase inicial apenas regular. Dos dez jogos, venceu cinco, empatou um e perdeu quatro, somando 16 pontos, suficiente para passar na terceira colocação.

A estreia na segunda fase foi com derrota para o Atibaia. Ainda no primeiro turno, vitória sobre o São Caetano, fora, e empate com o Rio Claro, em casa. A arrancada para o título começou no segundo turno. O Votuporanguense venceu os três jogos e finalizou a fase com 13 pontos.

Apesar de terminar na liderança no Grupo 7, a equipe teve a quinta melhor campanha na somatória da fase e teve de fazer o primeiro jogo das quartas de final em casa. Diante da torcida, o time deu sequência ao bom momento e venceu o Taubaté por 4 a 2, construindo boa vantagem que foi mantida após derrota por 1 a 0 no Vale do Paraíba.

Na semifinal, o reencontro com o Atibaia. O primeiro jogo foi disputado em Americana. Longe de casa, o Votuporanguense segurou o empate por 1 a 1 e diante da torcida, uma bela exibição e uma convincente vitória por 3 a 0 para selar vaga na final e garantir o time em um torneio nacional em 2019.

O adversário da final foi a Ferroviária, atual campeã e finalista nas últimas duas edições. O primeiro jogo em Votuporanga teve casa cheia. Bruno Baio abriu o placar, mas Caio Mancha empatou. No segundo jogo, Tom abriu o placar para os donos da casa e Erick Salles empatou. Nos pênaltis, após Arthur bater na trave, o experiente Renato Justi marcou o gol do título na vitória por 5 a 4. Ao todo, a campanha do Votuporanguense teve 22 jogos, com 11 vitórias, cinco empates e seis derrotas. Foram 31 gols marcados e 19 sofridos. O artilheiro foi Bruno Baio, com 10 gols marcados.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações