domingo, 5 de agosto de 2018

Brasil estreia perdendo para o México na Copa do Mundo Feminina Sub-20

Com informações do site oficial da CBF
Fotos: Getty Images.com/Fifa.com

O jogo teve várias oportunidades para ambas as equipes, mas o México levou a melhor

A Seleção Brasileira Feminina Sub-20 estreou com derrota na Copa do Mundo da categoria. Neste domingo (5), no Stade du Clos Gastel, em Dinan/Léhon, na França, a Amarelinha perdeu para o México por 3 a 2. Destaque da equipe canarinho, Kerolin balançou duas vezes a rede. Pelo lado das mexicanas, Katty Martínez e Ovalle, esta em duas oportunidades, marcaram para as adversárias.

A partida de estreia da Copa do Mundo Feminina Sub-20 começou movimentada. Logo aos quatro minutos, Espinosa deu excelente passe para Katty Martínez, que passou com facilidade nas costas da defesa brasileira e, com a perna direita, mandou para o fundo da rede. Mas o Brasil respondeu rápido. Dois minutos mais tarde, Kerolin aproveitou lindo lançamento, do meio de campo, fugiu da marcação mexicana, dominou com a perna esquerda e chutou com a direita, empatando para a Amarelinha.

Após igualar o placar, o Brasil passou a marcar sob pressão. O México sentia muita dificuldade para sair jogando. Dessa forma, a Seleção chegou ao gol da virada. Vitória, da entrada da área, viu Kerolin pelo lado esquerdo, a camisa 17 acertou um belo chute de perna direita, mandando na gaveta, sem chances para a goleira mexicana. Um golaço da artilheira do Brasil.

O Brasil não dava espaço para o México; Aos 20, por pouco não veio o terceiro. Tainara subiu mais que a defesa mexicana, mas o cabeceio da jogadora acabou raspando no travessão, indo para fora. Na marca dos 27, outra grande jogada de Kerolin. Ela recebeu em velocidade, fugiu de duas marcadoras, mas na hora de chutar acabou tirando muito e a bola foi por cima. A última chance brasileira no período foi aos 39, com Brenda obrigando a goleira Emily realizar boa defesa.

O México voltou para a etapa final demonstrando outra postura. Buscando o empate. E ele veio. Aos seis, Ovalle recebeu na ponta direita, dominou e chutou, sem chances para a goleira Kemily. O México melhorou após o empate, e começou a pressionar o Brasil, que não conseguia afastar o perigo da área. Em uma dessas jogadas, aos 19 minutos, após um bate e rebate dentro da área, a bola sobrou para Ovalle, livre de marcação, empurrar para o fundo do gol e virar par as mexicanas.

Brasil vai precisar vencer a Inglaterra na segunda rodada

A Seleção tentou dar a resposta em seguida: Vitória chutou de longe, com categoria, e a bola passou raspando na trave mexicana. Por pouco o Brasil não igualou o placar aos 21 minutos. Quando o relógio marcava 26, o Brasil quase empatou. Kerolin recebeu passe em profundidade, conseguiu tirar da goleira mexicana, mas a bola, caprichosamente, bateu na trave. No rebote, camisa 17 tentou novamente, mas a goleira mexicana abafou bem e fez a defesa.

Já no fim, aos 42 minutos, Valéria, que havia entrado minutos antes, arriscou chute pelo lado esquerdo. A bola tirou tinta da trave mexicana. Por pouco a Seleção não chega ao empate no finzinho. Depois de muito pressionar, o Brasil ganhou uma chance de ouro no fim, na base da raça. Aos 50 minutos, um teve um pênalti para as meninas brasileiras. Na cobrança, Vitória acabou mandando no travessão. 

O Brasil, que jogou com Kemelli; Monalisa, Thais Regina (Ariadina), Thainara e Thais Reis; Anegelina (Valeria), Ana Vitória, Katrine e Vitória; Brenda (Geyse) e Kerolin, sob o comando do técnico Doriva Bueno, volta a campo na próxima quarta-feira (8), contra a Inglaterra, às 8h30 (de Brasília), novamente no Stade du Clos Gastel, Dinan/Léhon.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações