sexta-feira, 4 de agosto de 2017

O goleiro Marcos antes de chegar no Palmeiras

Marcos, ao centro, goleiro da base do Lençoense no início dos anos 90

Nascido na cidade de Oriente, no dia 4 de agosto de 1973, Marcos Roberto Silveira Reis, o goleiro Marcos, ou "São Marcos" para a torcida do Palmeiras, foi um dos maiores jogadores brasileiros da posição, tendo sido o titular na conquista da quinta Copa do Mundo pela Seleção, em 2002. O ídolo do Verdão sempre teve a simpatia dos torcedores das outras equipes.

Porém, Marcos começou a carreira no Lençoense, onde chegou com 17 anos, em 1990, e logo mostrou qualidade. Ele sairia do CAL, como o clube é conhecido, em 1992, para ir ao Palmeiras. Porém, esta não foi a primeira saída do goleiro do time do interior.

No segundo semestre de 1991, Marcos foi emprestado pelo Lençoense ao Corinthians. Isto mesmo que você leu, ele foi para o Timão. Porém, no clube do Parque São Jorge ele ficou treinando por três meses e não foi inscrito para a Copa São Paulo de 1992. Quem conta sempre esta história é João Sérgio de Moraes, que atualmente é presidente do CAL, mas era o preparador físico da agremiação na época.

Jogando pelo clube que o revelou

"Ele ficou três meses só treinando (no Corinthians). Um dos diretores do Alvinegro tinha um filho que jogava na equipe e, por isso, engavetaram os documentos do Marcos para ele não jogar a Copa São Paulo de Futebol Júnior. Então, o Marcos me ligou e pediu para eu buscá-lo. Eu fui lá, e esse diretor passou e ouviu o Marcos falar para ele: 'estou indo embora para Lençóis, mas eu vou ser jogador de futebol e vou jogar contra o Corinthians'", revela o dirigente. E a profecia se concretizou!

Ainda em 1992, Marcos foi para o Palmeiras e aos 18 anos, prestes a completar 19, estreou no time principal do Palmeiras em um amistoso contra a Esportiva Guaratinguetá, em 16 de maio de 1992, vencido por seu time pelo placar de 4 a 0. Marcos defendeu um pênalti.

Depois desse jogo, Marcos continuou como o terceiro goleiro da equipe e só voltou a atuar novamente em 1996, quando já era o reserva imediato da posição, permanecendo nesta condição até 1999, quando ganhou a posição de Velloso, pegou pênaltis contra Corinthians e Deportivo Cali, conquistando a Libertadores e sendo 'canonizado' pela torcida do Verdão.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações