quinta-feira, 25 de maio de 2017

O Futebol Explica o Brasil – A sociedade brasileira pelo futebol

Por Lucas Paes


O futebol explica o Brasil – Uma história da maior expressão popular brasileiro é um livro escrito pelo historiador e jornalista Marcos Guterman. Lançado pela Editora Contexto, o livro fala um pouco da intima relação entre a sociedade brasileira e o futebol e mostra como o futebol explica certos aspectos do Brasil.

Segundo a contracapa: "O livro narra os acontecimentos do último século no Brasil, mas principalmente mostra como política, economia, sociedade e futebol estão muito mais associados do que costumamos imaginar. Assim, o esporte mais popular do mundo, se lido corretamente, consegue explicar o Brasil". 

Gutterman passeia por vários momentos da história brasileira e explica como o futebol usou e/ou foi usado nesses momentos. O escritor narra, por exemplo, o modo como o futebol era usado na ditadura para que o governo obtivesse aprovação popular, mas também menciona a maneira como clubes e dirigentes de futebol usaram diversos governos (não só da ditadura) para favorecer seus interesses econômicos e legais. Outro exemplo é a isenção de impostos sobre mercadorias vendidas durante a Copa do Mundo de 1994.

Aliás, o período da ditadura, que já foi mencionado por O Curioso do Futebol em texto nem tão antigo. Traz uma análise do livro sobre a canção “Pra Frente Brasil”, criada pouco após o título mundial de 1970. A análise explica que o título mundial trouxe tudo o que o regime militar mais pedia naquele período: união, paixão pelo país e a ideia de um movimento de avanço, já que era o período do Milagre Econômico Nacional.

Outra situação mencionada pelo livro, que contrapõe o exemplo anterior, é o período dos protestos das Diretas Já, no começo/metade dos anos 1980, onde jogadores impulsionaram a campanha (Sócrates prometendo ficar no país caso houvesse as eleições diretas). Além do famoso time da “Democracia Corintiana”, que por si só já era um imenso marco de apoio a redemocratização do Brasil.

Existem diversos outros exemplos que poderiam ser mencionados, já que o livro passa por cada década do último século no Brasil, entrincheirando ocasiões diversas da relação intima do futebol com a história do país, passando da época da profissionalização até a “década perdida” de 1980 e o início do êxodo para a Europa nos anos 1990, terminando no penta e na eleição de Lula em 2002.

Em texto no site da editora do livro, o autor explica que “O que este livro mostra é que o futebol, pelo contrário, não é um mundo à parte, não é uma espécie de “Brasil paralelo”. É pura construção histórica, gerado como parte indissociável dos desdobramentos da vida política e econômica do Brasil.”. Além disso, Marcos Guterman explica ao final da exposição que o livro tem uma ideia otimista: !Eu o escrevi por acreditar que, tanto no futebol como na vida brasileira, mesmo um time mais fraco é capaz de vencer".
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações