As previsões certeiras no futebol das encenações futuristas brasileiras

Internacional e Botafogo tiveram títulos dos
anos 2000 previstos na TV e no Cinema nos anos 80

O time de beisebol norte-americano Chicago Cubs conquistou o título da World League, da Major League Baseball (MLB) ontem, depois de 108 anos na fila (o último título tinha sido em 1908?!?!?!). No clássico do cinema "De Volta Para o Futuro II", filmado em 1985, em um trecho do filme que se passava em 2015, falava que o Cubs havia ganhado o campeonato, errando a previsão em um ano. No Brasil, há dois casos semelhantes envolvendo o futebol e que acertaram em cheio o prognóstico.

O primeiro caso aconteceu em 1986, na RBS Revista, programa da afiliada da Rede Globo no Rio Grande do Sul. O humorista André Damasceno tinha um quadro onde brincava com personalidades e acontecimentos da sociedade gaúcha. Pois neste referido episódio, o artista iria imitar o escritor e fanático gremista Paulo Santana.

Confira a esquete de André Damasceno

A primeira parte do quadro acontecia em 1986. Paulo Santana falava do que adiantava o Internacional ter três brasileiros se o Grêmio era campeão mundial. A esquete, do nada, viajava no tempo e entraria em 2006. Santana dizia ter dado tempo ao "casamento" com o Grêmio, por causa que o clube deixou de contratar Renato Portaluppi Júnior (fictício filho de Renat Gaúcho), que foi para o rival e, por isso, estaria torcendo para o Inter.

André Damasceno, interpretando Paulo Santana, dizia que Renato Portaluppi Júnior teria feito o gol do título mundial de 2006 do Internacional. Tudo bem, o Renato Gaúcho nem filho jogador tem, mas o Internacional foi, por coincidência, campeão do mundo no ano, com gol de Adriano Gabiru.

Pois não é que em 1989 aconteceu uma previsão que 21 anos se mostraria acertada de novo? E foi no filme "Princesa Xuxa e Os Trapalhões". A película misturava a artista de mais sucesso no momento, a apresentadora infantil Xuxa Meneghel, e o grupo humorista e campeão de bilheteria do cinema (em 1989, já nem tão campeão assim) brasileiro Os Trapalhões.

O adesivo prevendo o título do
Fogão de 2010 em 1989

O filme contra uma história no planeta Antar, onde o diabólico Ratan (Paulo Reis) toma o poder depois da morte do imperador. Domina a todos, forçando as crianças ao trabalho escravo. Mantida dentro do palácio, a Princesa Xaron (Xuxa Meneghel) pensa que todos são felizes. Do lado de fora, os príncipes Mussaim (Mussum), Zacaling (Zacarias) e Dedeon (Dedé Santana) se unem ao Cavaleiro Sem Nome (Renato Aragão) para combater Ratan e libertar as crianças. E o filme se passava no futuro.

No final do filme, Princesa Xaron e o Cavaleiro Sem Nome entram em uma nave especial que tinha vindo do planeta Terra e que contava com vários objetos comuns daqui, como, por exemplo, uma lata de Coca-Cola. Todos estranham os materiais, inclusive há uma cena hilária com um garoto mexendo no refrigerante.

Cena do filme onde aparece o adesivo

Entre estes objetos, uma das crianças achou um adesivo e ficou tentando entender o que estava escrito nele, que tinha o logo do Botafogo e embaixo estava os dizeres "Campeão 2010". Há uma explicação para isso: na época da produção do filme, o Botafogo não conquistava um título há 21 anos e alguém que trabalhou na película queria dar a entender que o Fogão só seria campeão dali a mais 21 anos. 

Se o pessoal do filme errou quando o Fogão iria voltar a levantar uma taça (quebraram a escrita justamente em 1989, conquistando o Carioca de forma invicta, depois do lançamento da películo), não é que em 2010 o time da Estrela Solitária conquistou o título Estadual, com direito a cavadinha de Loco Abreu.

Se vocês lembram de casos semelhantes, comentem!
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores, trazendo novidades e curiosidades do Futebol. Fale conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Total de Visualizações