sábado, 14 de maio de 2016

Briosa vence de virada com gol de Jean Chera e falhas do goleiro do Bernô

Em bom jogo, Briosa venceu de virada

A Portuguesa Santista conseguiu uma importante vitória na noite desta sexta-feira 13, ao bater de virada o EC São Bernardo por 2 a 1, em boa partida realizada no Estádio Ulrico Mursa. Os dois gols da Briosa, de Jean Chera (o primeiro como profissional) e Ricardinho, tiveram uma enorme colaboração do goleiro Leonardo, do Bernô, que tomou verdadeiros frangaços, fazendo um jogo de terror.

A Briosa foi a campo hoje buscando mais uma vitória, depois do empate sem gols com o Mauaense no último sábado. A equipe da casa tinha algumas novidades em relação à última partida. Jean Santos e Léo Pará saíram de titulares nos lugares de Kauê e Romário, que sentiu um desconforto muscular e ficou no banco de reservas. Ainda entre os suplentes estava Jean Chera, que foi relacionado pela primeira vez neste Campeonato.

A equipe da Portuguesa Santista

Já o EC São Bernardo veio a Santos em busca de manter a boa fase na competição. Depois de sofrer uma goleada na estreia, o Bernô conseguiu três triunfos consecutivos (Jabaquara, União Mogi e Manthiqueira). Os bons resultados vinham do bom desempenho dos jogadores, principalmente o meia Luis Gustavo e o atacante Roberto Baggio.

E quem esperava que a Portuguesa Santista dominaria as ações logo de início se enganou. O Bernô foi para cima e aos 7 minutos chegou com perigo pela primeira vez. Luiz Gustavo arriscou um forte chute de fora da área e o goleiro Rogério apenas acompanhou a bola sair pela linha de fundo. Em seguida, a Briosa perdeu incrível chance. Depois de bate-rebate na área, a bola sobrou para o atacante Léo Pará, perto da pequena área e mesmo com o goleiro Leonardo caído, finalizou para fora.

O time do EC São Bernardo que foi a campo

Aos 16, foi a vez do São Bernardo assustar a torcida rubro-verde. Bola cruzada pela esquerda, Ewerton subiu de cabeça e ajeitou para Roberto Baggio, mas o zagueiro Dema chegou antes e afastou o perigo. Dois minutos depois, chance para a Portuguesa. Ricardinho cobrou falta, o goleiro Leonardo espalmou e Jean Santos, no rebote, arrematou para fora.

Aos 26, o Bernô fez bela jogada. Roberto Baggio infiltrou pelo meio da marcação da Portuguesa e tocou para Luis Gustavo, que chutou forte, mas o goleiro Rogério defendeu. No contra-ataque a Briosa ofereceu perigo. Sillas foi lançado sozinho na área, mas Leonardo foi mais esperto e afastou o perigo. Após estes lances, o primeiro tempo ficou morno e a partida foi para o intervalo com o placar de 0 a 0.

Jogo foi bem disputado

No intervalo, o técnico da Portuguesa Ricardo Costa trocou Léo Pará por Romário. Porém, foi o Bernô que foi para cima. Aos 3, o zagueiro Luís Felipe avançou sozinho e, da intermediária, arriscou um chute forte, obrigando ao goleiro Rogério a fazer boa defesa. Três minutos depois, o placar saiu do zero. E foi com os visitantes. Luis Gustavo fez linda jogada e encontra Ewerton sozinho na área. Ele recebe a bola e finaliza forte, sem chances para Rogério, que ficou 409 minutos sem tomar gol na competição. São Bernardo 1 a 0.

Aos 8, a Briosa quase empatou. Após escanteio, uma grande confusão na área do Bernô, a bola sobrou para Kauê, que havia acabado de entrar no lugar de Jean Santos. O meia bateu colocado, mas Ewerton defendeu firme. Mal sabia que logo após este lance, o goleiro do time do ABC teria uma noite de terror, fazendo jus à sexta-feira 13.

Disputa de bola na lateral

Atrás no marcador, o técnico Ricardo Costa resolve gastar sua última substituição, promovendo a estreia do meia Jean Chera, que entrou no lugar de Carlos Alberto. Chera, que era considerado uma grande jóia na época da categoria de base do Santos, mas não fez escolhas certas na carreira, mal sabia que marcaria logo seu nome no jogo. Aos 13 minutos, ele cobrou uma falta da intermediária. A bola quicou na pequena área, atrapalhando o goleiro Leonardo, que acabou tomando um frangaço! no placar, 1 a 1.

O gol animou os jogadores e agitou a torcida no Estádio Ulrico Mursa. No embalo, a Portuguesa Santista foi para cima, buscando o gol da virada. Aos 23, Kauê fez bonita jogada pela esquerda e tocou para Sillas, que bateu colocado, mas Leonardo foi buscar. Na sobra, Ricardinho bateu forte, a bola desviou na defesa e facilitou a defesa do goleiro do Bernô. Aos 28, Romário teve uma grande chance. Matheus cruzou da direita, Leonardo saiu mal e o homônimo do Baixinho cabeceou para baixo, como manda o 'manual'. Porém, a bola quicou forte e saiu por cima da trave.

Jean Chera fez seu primeiro gol como profissional

De tanto insistir, a Portuguesa Santista chegou ao gol da virada, que contou com outra ajuda de Leonardo. Aos 37 experiente Ricardinho recebeu de Kauê e, na entrada da área, arriscou um chute rasteiro, a meia força. O goleiro do Bernô se agachou, mas deixou a bola passar por debaixo de suas mãos. Outro frangaço e 2 a 1 no placar.

Nos últimos minutos, a Briosa controlou o jogo e garantiu o resultado, que colocou o time na segunda colocação no Grupo 4 da competição, com 11 pontos. Agora, a Portuguesa encara o Atlético Mogi, na próxima sexta-feira, dia 20, às 20 horas, no Estádio Ulrico Mursa. Já o São Bernardo ficou nos 9 pontos e ocupa o terceiro lugar. A equipe do ABC encara o Mauaense na próxima rodada, no dia 21, sábado, às 15 horas, no Baetão.

Ricardinho fala como foi a partida

Ficha Técnica

PORTUGUESA SANTISTA 2 X 1 EC SÃO BERNARDO

Data: 13 de maio de 2016.
Local: Estádio Ulrico Mursa - Santos-SP.
Público: 622 pagantes.
Renda: R$ 6.740,00.
Árbitro: Demetrius Pinto Candançan.
Assistentes: Alex Alexandrino e Fernando Afonso Gonçalves de Melo.

Cartões Amarelos
EC São Bernardo: Luís Felipe, Maicon, Ewerton, Lucas Rocha e Janclesio.

Gols
Portuguesa Santista: Jean Chera, aos 13', e Ricardinho, aos 37' do segundo tempo.
EC São Bernardo: Ewerton, aos 6' do segundo tempo.

Portuguesa Santista: Rogério; Matheus, Dema, Lucão e Vinícius; Pedrão, Carlos Alberto (Jean Chera), Jean Santos (Kauê) e Ricardinho; Léo Pará (Romário) e Sillas - Técnico: Ricardo Costa.

EC São Bernardo: Leonardo; Lucas Rocha, Eli, Luís Felipe (Bruno) e Maicon; Renato, Manoel e Luis Gustavo; Roberto Baggio, Samuel e Ewerton - Técnico: Ederson Valencian.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações