sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Lusa bi-campeã paulista 1935/1936

A equipe bi-campeã paulista

Em 1935, houve uma nova cisão no futebol bandeirante. Corinthians, Palestra Itália, Santos, Juventus e outros clubes romperam com a Associação Paulista de Esportes Atléticos (Apea) e criaram a Liga Paulista de Futebol (LPF), organizando um campeonato estadual, no qual o Santos conquistou o seu primeiro título paulista.

Porém, a Apea não desistiu de organizar seu campeonato. Contando com Portuguesa e Ypiranga, entre os tradicionais, o torneio da Associação ainda teve a participação de Estudantes, EC São Caetano, Sírio Libanês, Jardim América, Humberto I e Ordem Progresso.

Como já era esperado antes do início da competição, Portuguesa e Ypiranga dominaram o certame. Apenas o Estudantes incomodou a dupla. A disputa entre a Lusa e o Alvinegro foi tão intensa que ao final dos 14 jogos, ambas as equipes terminaram empatadas em 22 pontos. Como previa o regulamento, os dois times precisaram fazer jogos desempate para definir o campeão.

Os jogos foram marcados para o início de 1936 e a primeira partida terminou empatada por 2 a 2. O Ypiranga chegou a estar ganhando por 2 a 0, com gols de Figueiredo II. A Lusa buscou o empate com os tentos de Duílio e Carioca.

Equipe da Lusa antes dos títulos

Na segunda partida, a Portuguesa mostrou sua força e goleou por 5 a 2, com gols de Adolfo, duas vezes, Paschoalino, Duílio e Carioca, com Figueiredo marcando, novamente, duas vezes para o Ipiranga. Com isso, a Lusa conquistava o seu primeiro campeonato paulista.

Carioca, o grande jogador da Lusa, foi o artilheiro do Campeonato Paulista de 1935 com 18 gols. Nesta edição, a Portuguesa disputou 14 jogos, vencendo 10, empatando 2 e perdendo apenas 2. A base rubro-verde era composta por Tadeu, Fiorotti, Gasperini, Duílio, Barros, Passerini, Guilherme, Frederico, Paschoalino, Carioca e Nicola.

Para 1936, Apea e LPF continuaram organizando os seus campeonatos. Na competição da Liga, o Palestra Itália foi o campeão. Pela Apea, sete equipes disputaram o certame: Portuguesa, Ypiranga, EC São Caetano, Tremembé, Primeiro de Maio, Humberto I e Ordem e Progresso.

Dessa vez a Portuguesa conquistou o título com muita facilidade, sem sequer precisar de partidas-desempate. Com 10 vitórias, um empate e apenas uma derrota, com destaque para a goleada em cima do Ypiranga por 6 a 1 na última partida, a Lusa conquistou o bicampeonato paulista.

Carioca novamente foi o artilheiro do campeonato com 18 gols, à exemplo do ano anterior. O time da Portuguesa em 1936 era composto por Rodrigues, Fiorotti, Oswaldo, Gasperini, Duílio, Barros, Frederico, Mandico, Arnaldo, Carioca e Adolpho.

Esta foi a última vez que houve a disputa de dois campeonatos paulistas. Em 1937, a LPF agregou as equipes da Apea e organizou a competição. Foi da LPF que surgiu, já na década de 40, a Federação Paulista de Futebol.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações