sexta-feira, 26 de junho de 2015

Rússia 1 x 1 Argélia - Carnaval Argelino

Laser no rosto atrapalhou Afinkeev

* Por Leonardo Bonassoli

A Copa do Mundo é um evento que sempre acompanhei nas outras edições, por ser um fã de futebol. Na época do Mundial de 2014, trabalhava na Gazeta do Povo, jornal de Curitiba, e estava como editor local do site de Esportes e de Copa do Mundo durante o evento. Por isso, fui credenciado para os jogos locais, porém como um backup, caso desse problema com algum dos repórteres escalados e também credenciados. Aconteceu que consegui liberação para ver dois jogos, o último deles este da Arena da Baixada: Rússia e Argélia, que foi realizado em 26 de junho.

Moro a uma distância mediana do estádio, mas facilmente alcançável. Um paulistano, por exemplo, talvez considerasse perto. Mas saí mais de perto, do Centro, onde trabalhava. A Arena da Baixada é extremamente central, assim como a Vila Capanema e o Couto Pereira. Se em São Paulo evitavam jogos no Pacaembu e no Parque Antárctica ao mesmo tempo, por causa de 5 km de distância, esses três estádios de Curitiba ficam em uma distância de um pouco mais de 4 Km entre Arena e Couto Pereira, com a Vila Capanema entre eles.

Argelinos fizeram a festa

Trabalhei mais cedo naquele dia e peguei o ônibus específico para a Copa do Mundo, na Praça Central de Curitiba. De graça! Curiosamente, todo o transporte coletivo de Curitiba estava de graça naquele dia, por causa de um movimento de greve de motoristas e cobradores.

Antes de falar do jogo, uma curiosidade interessante: o terreno da Arena da Baixada pertencia à família Hauer e era locado pelo Internacional, que depois virou Atlético com a fusão com o América. O terreno foi comprado lá nos anos 40 pelo governo do Estado para fazer a Escola de Agronomia e o Atlético tinha recebido uma doação no Cabral, num lugar chamado de Colônia Argelina. Atlético e governo do Estado fizeram uma permuta e foi construída lá na antiga Argelina a o Prédio de Agrárias da Universidade Federal do Paraná.

Rússia e Argélia foi uma partida movimentada, sendo uma das melhores da competição, com a Rússia saindo na frente com o Kokorin, logo aos 6 minutos, e a Argélia empatando com o Slimani aos 15 do 2º tempo, em uma falha do goleiro Afinkeev, que saiu mal do gol por causa de um laser na cara. Com isso, a Argélia acabou garantindo uma classificação inédita de fase em Copas do Mundo.

Equipes aquecendo antes do início da partida

A Rússia foi aquilo que a Rússia foi em toda a Copa: um time sem imaginação e com medo de atacar. Foi embora no final da primeira fase e ainda queimou dinheiro com o badalado técnico Fabio Capello. A Argélia foi um time agressivo e fez por merecer o resultado que valeu a classificação.

Dentro do estádio, ainda mais com o resultado, era um verdadeiro carnaval argelino. Eles deram um colorido especial ao estádio. Também deram problemas com sinalizadores. Com certeza eles estão entre os torcedores mais malucos da Copa. Vale ressaltar que o estádio, nos corredores, ainda tinha cheiro de cimento, de tão pronto em cima da hora que ficou. Isso me chamou a atenção.


Durante o jogo, como estava credenciado, fiquei na tribuna de imprensa e, nesta partida, conversei menos nas saídas que no outro que fui (Honduras 1 x 2 Equador), até pela diferença linguística ser maior. Mas ver um jogo de Copa do Mundo é algo realmente diferente, único. É ver de perto a história diante dos olhos!


* Leonardo Bonassoli, 31 anos, mora em Curitiba, é jornalista e editor online. Comanda o site Futebol Metrópole, especializado em futebol paranaense. Além disso, Leonardo foi o criador da comunidade Futebol Alternativo no Orkut (RIP), uma das mais populares da antiga rede social, durando até o último dia de funcionamento do mesmo. A comunidade foi recriada no Facebook.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações