Morre Rodrigo Pitta, lateral ex-Vasco e Bangu e filho do empresário Reinaldo Pitta

Foto: arquivo

Rodrigo Pitta durante sua passagem pelo Bangu

Morreu no sábado, dia 17, o ex-lateral direito e empresário Rodrigo Pitta, aos 45 anos. Ele, que foi vítima de câncer, jogou no Vasco da Gama e Bangu. Ele era filho do agente de jogadores Reinaldo Pitta, que trabalhou com Ronaldo Fenômeno. A informação foi dada pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ).

Rodrigo Pitta chegou no Vasco da Gama em 1995, depois de uma passagem pelo Tio Sam, clube que disputava as divisões de acesso do Rio de Janeiro, quando foi colocado na lateral-direita. Pelo clube cruzmaltino, o jogador ficou três temporadas na categorias Sub-20, mas não conseguiu ser aproveitado pelo time profissional, que em 1997 foi campeão brasileiro, dirigido por Antônio Lopes.

Em 2000, chegou no Bangu. Porém, Rodrigo Pitta foi fazer sua estreia profissional pelo Alvirrubro apenas em 2001, quando tinha 24 anos. Até 2002, último ano da carreira como jogador, ele somou apenas três jogos pelo time do Castor, de acordo com o site O Gol.


Quando abandonou a carreira de jogador, se juntou ao pai Reinaldo Pitta e passou a ser empresário de jogadores. Agenciando atletas, participou de algumas negociações importantes, como a que levou o atacante Alex Teixeira para o Shakhtar Donetsk. Nesta área, tornou-se um dos maiores do país.
←  Anterior Proxima  → Inicio

2 comentários:

  1. Que triste joguei com rodrigo no Tio San,que Deus conforte sua família!!

    ResponderExcluir
  2. Grande amigo tive o prazer de servir ele EA família como garçom e metre hoje estou no adegao português Barra que ele descanse em paz e que Deus conforte a família.

    ResponderExcluir

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações