A passagem de Denílson pelo Real Betis

Por Ricardo Pilotto
Foto: divulgação



Nesta terça-feira, dia 24 de agosto de 2021, Denílson Oliveira de Araújo, popularmente conhecido apenas como Denílson, completa 44 anos de idade. Uma das passagens marcantes do ex-ponta esquerda foi pelo Real Betis, da Espanha, onde chegou como um dos jogadores mais caros do mundo.

Vindo do São Paulo, Denílson tinha apenas 19 anos de idade e já havia se tornado o jogador mais caro do futebol quando o Real Betis concluiu sua contratação por US$ 32 milhões (que hoje equivale a R$ 106 milhões) junto ao Tricolor Paulista no ano de 1997. Este alto valor superou a quantia desembolsada pela Inter de Milão quando tirou Ronaldo do Barcelona pagando US$ 28,8 milhões (R$ 96 milhões) alguns dias antes.

Mesmo com sua transferência concluída em 97, Denílson Show ainda permaneceu no Morumbi por uma temporada. Disputou a Copa das Confederações do mesmo ano e foi destaque da competição. Só rumou para a Espanha após o título Paulista de 1998 e a disputa da Copa do Mundo, na qual o Brasil havia perdido para a anfitrião França na grande decisão.

Em sua primeira temporada pelo Betis, o ponta esquerda são conseguiu justificar o valor pago pelo clube para ter seu futebol. Denílson não repetiu as boas atuações antes de chegar aos Béticos e com isso, teve um ano discreto. O maior destaque desta primeira passagem do brasileiro para o clube de Sevilla vai para o título do Torneio Troféu Ramón de Carranza, conquistado em 1999. Nesta temporada, Denílson jogou 71 partidas e marcou cinco gols

No ano seguinte, Denílson viu seu time fazer uma péssima campanha no campeonato espanhol na temporada 1999-2000 e ser rebaixado ao para a segunda divisão do futebol nacional ao terminar na 18ª colocação na tabela de classificação. Ainda em 2000, o Real Betis emprestou Denílson para o Flamengo, que estava disputando a Copa João Havelange daquele ano.

Após terminar o seu período de empréstimo pelo rubro-negro carioca, Denílson voltou para a Espanha no começo de 2001. No ano seguinte, o Real Betis foi vice-campeão da Segunda Divisão Espanhola, e com isso, conquistou o acesso para a elite do futebol nacional.

Nas temporadas seguintes, Denílson continuou tendo oportunidades dentro da equipe, mas não conseguiu aproveitá-las. Confira abaixo, alguns números do atleta em sua segunda passagem pelo time verdiblanco:

- Temporada 2000-2001: 1 gol em 21 partidas disputadas.
- Temporada 2001-2002: 3 gols em 34 partidas disputadas.
- Temporada 2002-2003: 3 gols em 29 partidas disputadas.
- Temporada 2003-2004: 2 gols em 30 partidas disputadas.
- Temporada 2004-2005: Nenhum gol em 11 partidas disputadas


Desde que chegou ao time espanhol, Denílson não superou as expectativas criadas para justificar todo o valor investido para a sua contratação quando ainda era uma jovem promessa com 19 anos. Ao todo, Denílson defendeu as cores do clube de Sevilla em 196 oportunidades e marcou apenas 14 tentos.

Após deixar o Betis, Denílson ainda jogou em clubes como Bordeaux, Al-Nassr, Dallas, Palmeiras, Itumbiara e Hai Phong. Encerrou sua carreira jogando pelo Kavala da Grécia, aos 33 anos de idade ao final da temporada 2009-20.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações