quarta-feira, 13 de maio de 2020

Há 47 anos, São José viajava quase 500km para comemorar título do acesso Paulista

Por Ruben Fontes Neto / FPF
Foto: Alberto Simões

O EC São José, antecessor do atual São José EC, comemorava o título de 1972 já em 1973

Em 13 de maio de 1973, o EC São José conquistava o título da Primeira Divisão (atual Série A2). O torneio, válido pela temporada de 1972, marcou o último título da equipe alvinegra, que deu origem ao atual São José EC, em 1976. A partida decisiva foi disputada em Garça, distante quase 500km de São José dos Campos.

20 equipes disputaram o torneio, que teve início em 20 de agosto de 1972. Após divisão em quatro grupos, o EC São José esteve na Série D, que era nomeada Sylvio Binari e jogou contra Saad, Estrela de Piquete e Santo André FC, tendo duas vitórias, dois empates e duas derrotas, que lhe renderam a classificação em segundo lugar (o Saad foi o líder).

A segunda fase contou com oito equipes, novamente divididos em grupos. São José e Saad se juntaram a Velo Clube e Vasco de Americana, que foram os dois melhores da Série C (Belfort Duarte). Curiosamente, porém, as fases foram disputadas com cinco meses de diferença, já que a primeira fase foi encerrada em outubro de 1972 e a nova só começou em março de 1973.

Imagem

O grupo foi bem equilibrado, mas prevaleceu a força de mandante do São José, que foi o único time a conseguir vencer as três partidas que fez em casa, além de ter um empate com o Saad fora. Com isso, somou sete pontos, contra seis de Saad e Vasco e cinco do Velo Clube.

E foi mais uma vez com uma grande atuação dentro do Martins Pereira que a equipe de São José dos Campos colocou a mão na taça. No dia 6 de maio, contra o Garça, vitória por 3 a 0 com gols de Dandô, Xavier e Pedroso (contra).

No jogo de volta, o time joseense segurou o resultado e fez a festa da torcida que viajou quase 500km para acompanhar aquele que seria o último título da equipe com a denominação de EC São José. Antes, em 1964 e 1965, o time havia sido campeão do quarto e terceiro nível do futebol paulista, respectivamente.

Apesar do título, o EC São José não disputou a elite estadual uma vez que a Lei do Acesso havia sido suspensa. Já em 1976, o time tinha situação financeira instável e precisou se transformar. Surgiu então o São José Esporte Clube, trocando o alvinegro pelo azul, amarelo e branco e a Formiga pela Águia.


Confira como foi a campanha do título do EC São José e a ficha técnica do jogo decisivo:

1ª Fase
20/08/72: EC São José 2x0 Estrela
27/08/72: Santo André FC 1x1 EC São José
03/09/72: EC São José 1x0 Saad
24/09/72: Estrela 1x0 EC São José
01/10/72: EC São José 0x0 Santo André FC
15/10/72: Saad 2x0 EC São José

2ª Fase
18/03/73: Vasco 2x0 EC São José
25/03/73: EC São José 1x0 Saad
01/04/73: Velo Clube 3x0 EC São José
08/04/73: EC São José 2x1 Vasco
15/04/73: Saad 0x0 EC São José
22/04/73 EC São José 2x0 Velo Clube

Final
06/05/1973: EC São José 3x0 Garça
13/05/1973: Garça 0x0 EC São José

Local: Estádio Frederico Platzecke, em Garça
Árbitro: Milton Jorge

Garça: Chiquinho, Ari, Brito, Pedroso e Abegar; João Luiz e Grilo; Maurilio, Cláudio, Pulga (Ramalho) e Mário César (Rogério). Técnico: Francisco Valeriano

EC São José: Mário, Carioca, Marião, Alemão e Pedro Rodrigues; Dandô e Zé Carlos; Xavier, Marco Antonio, Carlinhos (Fernandinho) e Pepe. Técnico: Jorge Pinto de Souza
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações