segunda-feira, 18 de maio de 2020

FPF garante torneios de base em 2020, mas presidente fala em "chance remota"

Foto: Mario C. Gonçalves

Painel dos fundadores da Federação Paulista de Futebol

Além do retorno das Séries A1, A2 e A3, fora o início da Segunda Divisão, uma dúvida que fica é se será realizado os campeonatos de base do futebol paulista em 2020, por conta da pandemia de coronavírus. Em reunião com os clubes, a Federação Paulista de Futebol (FPF) confirma a realização dos torneios, mas o presidente da entidade, Reinaldo Carneiro Bastos, em duas entrevistas, disse que a chance destas competições acontecerem é "remota".

A FPF realizou duas reuniões com os clubes para falar, especificamente, dos campeonatos de base. A primeira, no dia 30 de abril, com os times da A1. A segunda, em 6 de maio, com as equipes das outras divisões. Nelas, os representantes da entidade que rege o futebol paulista garantiram a realização da competição.

A entidade negou tal possibilidade de não realizar os torneios de base e garantiu que todas as decisões estarão de acordo com setores responsáveis de saúde, concluindo que não colocará em risco nenhum atleta, seja profissional, ou juvenil. A retomada dos campeonatos deverá ser gradativa, começando pelo Paulistão, Paulista A2, A3, e Sub-23, popularmente Segundona, que começaria em abril. Posteriormente, os torneios de base.

Presidente - Porém, em entrevistas, a fala do presidente da FPF, Reinaldo Carneiro Bastos, segue um caminho diferente. Para o Máquina do Esporte, do jornalista Erich Beting, no dia 28 de abril, antes das reuniões, o mandatário da entidade paulista disse o seguinte:

"Muito pouco provável, muito pouco provável. A Federação Paulista de Futebol já informou os clubes que não há obrigatoriedade em disputar a categoria de base. Nosso regulamento prevê que um clube profissional tem que jogar pelo menos uma competição de base. Nós já informamos a eles que não vai haver essa obrigação. Acho muito pouco provável que aconteça. Pelo que tenho conversado com os clubes, no sub-11, 13, 15 e 17, tanto masculino como feminino, a chance é remota. Há uma pequena possibilidade do sub-20".


Já em entrevista para o site da revista Veja, publicada em 8 de abril, depois das reuniões, Bastos seguiu com a mesma linha, deixando claro que para os jovens, será arriscado fazer as competições sem uma vacina para protegê-los:

"Pela primeira vez esse ano faríamos um campeonato sub-15 feminino. Já tínhamos o sub-17 e o adulto programados. Mas esses campeonatos juvenis envolvem mais de 60 clubes. Sem uma vacina, sem um remédio eficaz para curar essa doença, muito provavelmente não conseguiremos garantir que esses jovens, menores de idade, tenham segurança em participar esse ano de jogos de futebol. O futebol feminino é guerreiro. Só agora começou a chamar o interesse da televisão e patrocínios. Este ano, as equipes começariam a pagar salários melhores".

Outras ligas - Enquanto isto, a Associação Paulista de Futebol, na última sexta-feira, publicou nota mantendo a suspensão das competições de base realizadas até o dia 30 de maio. “O momento requer os cuidados necessários para controlar a evolução do vírus, para que a garotada possa correr atrás da bola o mais breve possível”, destacou o Presidente da APF, Prisco Palumbo.

Já a Paulista Cup, em postagem no Instagram, confirmou a manutenção das atividades no segundo semestre. Serão realizadas competições nas seguintes categorias: Sub-11/13, Sub-15/17, Sub-20, Sub-12, Sub-14 e Sub-16. A princípio, os torneios começam em agosto, mas, a bola só vai rolar caso haja a liberação dos órgãos competentes e respeitando todas as regras estabelecidas.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações