quarta-feira, 15 de abril de 2020

Onde a bola ainda rola - Tadjiquistão

Por Lucas Paes
Foto: Reuters


A bola segue rolando no Tadjiquistão

Chegamos ao terceiro texto da série "Onde a bola ainda rola.". Hoje a série vai viajar para a ásia, em um país que já foi também parte da União Soviética: o Tadjiquistão. O Tadjiquistão, outro país com tensões políticas ainda dissidentes de uma guerra civil devastadora, é mais um exemplo de um lugar onde o futebol é afetado por essas facetas. Mas, por lá, nem tudo é exatamente feito sem preocupação, já que os jogos ocorrem sim, mas com portões fechados. Assim como a Bielorrússia, o campeonato acabou de começar.

O Tadjiquistão, na sua essência, não é literalmente uma ditadura. Porém, o presidente Emomali Rhaknov segue sendo eleito desde 1994, o que leva a criticas sobre manipulações de eleições. Ao contrário de casos como o absurdo do Turcomenistão, onde seu déspota proibiu menções a COVID-19, o ex-país soviético até tem um certo "plano de fundo" para continuar o futebol, já que ainda não há casos de COVID-19 confirmados por lá. É preciso entender, porém, que isso pode ocorrer devido a problemas relacionados a saúde pública local, que pode não ter identificado casos ainda. Esse fato está diretamente relacionado a condições baixas de vida no país.

No começo do mês de abril, começou a temporada de futebol por lá. Na Supercopa do Tadjiquistão, o principal time do país atualmente e atual campeão nacional, o Istiklol Dushanbe venceu o Khujand por 2 a 1, no Estádio Pahmir sem público, na capital, a cidade de Dushanbe. Essa partida da início a uma temporada que vai até novembro, com jogos da liga e da copa, em um país que, a exemplo de muitos da antiga União Soviética, segue um calendário anual. A primeira divisão, conhecida como Vysshaya Liga, é um torneio comum de pontos corridos, só que em 3 turnos, com confrontos de todos contra todos entre as 8 equipes.


Depois da Supercopa, acabou de começar a liga. Atualmente, o torneio se encontra na segunda rodada e já temos o Istiklol na liderança, que estreou no campeonato com uma goleada de 7 a 0 pra cima do Dushanbe-83, jogando como visitante e no domingo venceu o CSKA Pomir. Só o Khation, além do atual campeão, venceu os dois primeiros jogos no campeonato. Ele é o segundo, obviamente, pelo saldo de gols, já que o Istiklol tem 9 gols em 2 jogos, sem sofrer nenhum. Números que já mostram a tendência de outro título do clube, mas ainda é cedo para fazer previsões.

Para aqueles com a curiosidade de acompanhar, o campeonato do Tadjiquistão é mais um que pode ser acompanhado ao vivo pela plataforma MyCujoo TV. O site já transmite tradicionalmente o campeonato e mais uma vez ele pode ser visto daqui do Brasil, bastando entrar no site e selecionar um jogo para assistir. Assim como a Bielorrússia, o fato do torneio continuar em meio a pandemia causou um pico de audiência em jogos do Campeonato Tadjique que provavelmente não ocorreria de outra forma. Até segunda ordem, a bola deve continuar rolando por lá.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações