quinta-feira, 30 de abril de 2020

Kuki no Santa Cruz em 2007

Foto: Arquivo

Kuki com a camisa do Santa Cruz: apenas o segundo semestre de 2007

Um dos maiores ídolos da história do Náutico está completando 49 anos neste 30 de abril. Sílvio Luiz Borba da Silva, o Kuki, nascido em Crateús, tem uma relação de amor com a torcida do Timbu, mas que teve momentos turbulentos, como em 2007, onde ele acabou indo defender o rival Santa Cruz.

Kuki se profissionalizou no futebol defendendo o Encantado, do Rio Grande do Sul. Depois, passou por Taquariense, Palmeirense, Ypiranga de Erechim, Veranópolis, Lajeadense e Grêmio Santanense, todos do futebol Gaúcho. Ainda passou por Inter de Lages e Brusque, de Santa Catarina, até chegar ao Náutico, em 2001.

No Timbu, começou a se dar bem. Ainda teve uma passagem rápida pelo Chonbuk, da Coreia do Sul, em 2002, mas tornou-se o grande artilheiro do Alvirrubro naquela década. Passou por bons momentos, como títulos estaduais e o acesso para a Série A do Brasileirão em 2006, mas também viveu momentos complicados, como a Batalha dos Aflitos, em 2005, e em 2007, onde esta história chega.

O Náutico disputava o Campeonato Brasileiro e estava na parte de baixo da tabela. A torcida passou a cobrar os jogadores mais conhecidos do elenco e Kuki estava entre eles. Assim, os dois entraram em atrito e chegaram a até brigar. Isto fez com que o jogador fosse afastado do elenco e não jogasse pelo Timbu.

A chateação de Kuki foi grande que ele acabou acertando a sua saída, por empréstimo, do Náutico para um rival: o Santa Cruz. O presidente da Cobra Coral na época, Édson Nogueira não acredita que o fato de ter se destacado no Náutico vá impedir Kuki de fazer sucesso no Santa Cruz.


"Ninguém tem unanimidade na vida. Agora, a historia quem faz é o atleta. Uma pessoa que é o terceiro artilheiro da historia de um clube merece respeito. Eu quero que ele repita aqui [no Santa Cruz] o que ele fez no Náutico", disse o mandatário tricolor.

O acordo era de um ano e ele foi anunciado em 25 de julho de 2007. Porém, a passagem do centroavante no Santa Cruz não foi feliz. Ele até marcou os seus gols, mas o Tricolor do Arruda, que disputava a Série B, acabou rebaixado. Já o Náutico conseguiu se livrar da degola na elite nacional.

Com o descenso, o Santa Cruz reformulou o seu elenco para 2008 e devolveu Kuki para o Náutico. Em janeiro, ele foi reintegrado ao Timbu e voltou a ter uma grande relação com o clube, até encerrar a carreira no ano de 2009.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações