César Sampaio nos quatro grandes de São Paulo


Trocar um rival pelo outro é sempre complicado. Há vários casos na história de um jogador que fez fama em um time e depois foi para o outro e a torcida se revoltou. Por isto, em São Paulo são raros os casos de jogadores que atuaram pelos quatro grandes do estado, apenas seis para ser mais preciso, e um deles está completando 52 anos neste 31 de março de 2020: César Sampaio.

Um dos melhores volantes brasileiros da década de 90, Carlos César Sampaio Campos, nascido na capital paulista, foi lançado profissionalmente pelo Santos, ainda em meados dos 80. Em seguida, foi negociado com o Palmeiras, onde teve duas passagens vitoriosas. Já nos anos 2000, ele defendeu o Corinthians e depois, no final da carreira, o São Paulo. Confira como foram estas passagens:

SANTOS


Ainda na base, César Sampaio jogava Futsal no São Paulo, mas queria uma chance no campo, algo que nunca aconteceu. Então, desceu a serra, fez um teste no Santos e passou, mas como meia. Com o tempo, foi recuado para volante e em 1986, com apenas 18 anos, foi alçado ao time principal e logo virou dono da camisa 5 do Peixe. O Alvinegro Praiano não vivia bons momentos, mas o jogador tornou-se a "grande pérola" do Santos. O seu auge no Santos foi em 1990, quando ajudou a equipe a chegar no mata-mata do Brasileirão, ganhou a Bola de Ouro da Placar, sendo considerado o melhor jogador da competição, e passou a ser constantemente convocado por Falcão para a Seleção Brasileira. No ano seguinte, sem dinheiro, a diretoria do Santos o vendeu para o Palmeiras, em negociação que envolveu dinheiro e os jogadores Ranielli e Serginho Fraldinha.

PALMEIRAS


César Sampaio saiu de um time que estava em crise e chegou em outro que estava na fila por títulos. O Palmeiras fazia de tudo para conquistar uma taça, contratava aos montes e não conseguia. Foi assim que o volante chegou ao clube, em 1991. Porém, no ano seguinte, o Verdão fechou uma parceria com a Parmalat e, a partir de 1993, César Sampaio teve a sua fase da carreira mais vitoriosa. Conquistou o bi paulista e brasileiro (1993 e 1994), ao lado de grandes craques. Em 1995, foi para o Yokohama Flügels, do Japão, e voltou ao Verdão em 1999, para ser um dos líderes no título da Libertadores. Em 2000, ao perder a chance de ser bi da competição continental e com o fim da parceria do Palmeiras com a Parmalat, foi negociado com o Deportivo La Coruña.

CORINTHIANS


César Sampaio ficou uma temporada na Espanha e, no meio de 2001, resolveu voltar ao futebol brasileiro. O Palmeiras, sem a Parmalat, não quis trazer o volante para a sua terceira passagem pelo clube e, a convite de Vanderlei Luxemburgo, ele acabou indo parar no Corinthians para a disputa do Brasileirão. Ao contrário de Paulo Nunes, rejeitado pela torcida no primeiro semestre, César Sampaio até foi respeitado pela Fiel, por nunca ter "faltado com respeito" com o Timão, segundo os próprios torcedores. Porém, seguidas contusões o fizeram atuar em apenas nove jogos pelo Corinthians e ao fim do ano, com a troca de treinador (Parreira chegou), ele acabou voltando para o Japão.

SÃO PAULO


César Sampaio ficou do início de 2002 até o meio de 2004 no Japão, defendendo Kashiwa Reysol e Sanfrecce Hiroshima. Porém, contundiu-se e resolveu voltar ao Brasil, tratando-se no CT do São Paulo. Quando se recuperou, até como forma de agradecimento e fazer algo que poderia ter acontecido no início da carreira, acertou com o Tricolor. No São Paulo, César Sampaio fez 27 jogos durante o Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-Americana daquela temporada e ajudou o time a conquistar a vaga na Libertadores, onde viria a ser campeão no ano seguinte. Porém, ao final de 2004, César Sampaio resolveu encerrar a carreira. Tudo bem que em 2006 ele atuou em uma partida pelo Persma Manado, da Indonésia, onde até fez um gol, mas não seguiu no clube.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Colabore

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações