sábado, 18 de janeiro de 2020

Grêmio 'despacha' Vasco nas penalidades e está na semi da Copinha

Foto: Guilherme Rodrigues/GR Press

No tempo normal, as duas equipes fizeram um belo jogo e empataram em 1 a 1

O Grêmio segue a grande campanha na Copa São Paulo de Futebol Junior. Na tarde desta sábado, atuando novamente no Estádio Francisco Ribeiro Nogueira, em Mogi das Cruzes, o Tricolor empatou com o Vasco da Gama em um gol no tempo normal, vencendo nas penalidades por 4 a 3, em jogo válido pelas quartas de final. O gol gremista foi anotado por Rildo. Nas cobranças, Diego Rosa, Alison Calegari, Vanderson e Fernando Henrique marcaram. Uma cobrança do Vasco foi para fora e brilhou a estrela do goleiro Adriel, defendendo a derradeira batida vascaína.

A primeira oportunidade da partida foi da equipe carioca, aos seis minutos. A jogada foi trabalhada pelo lado esquerdo defensivo gremista e o cruzamento rasteiro foi feito na risca da pequena. Livre, o atacante do Vasco desviou e a bola passou cruzada na boca do gol, para fora. Três minutos depois veio a resposta. Elias passou pela marcação e levou ao fundo do campo, pela direita. O cruzamento rasante para trás achou Pedro Lucas. Ele tentou o chute de direita e a bola subiu, sem sair do seu domínio. Na caída, arrematou colocado de canhota e a bola passou raspando a trave direita.

A partir daí o jogo ficou bastante disputado no meio-campo, sem grandes chegadas de ambas as partes. Somente aos 31 minutos o Grêmio ameaçou. Vanderson carregou do fundo para o meio e achou bom passe para Fabricio livre no canto da área, pela direita. O avante gremista adiantou e sentou o forte chute, alto, para a defesa do goleiro carioca. Três minutos depois, Fabricio foi acionado pelo lado esquerdo da área e tentou o chute rasteiro e colocado, mas exatamente onde estava o goleiro que aparou sem dificuldade.

O Vasco foi ter nova oportunidade somente aos 38, em chute forte de fora da área que iria no ângulo, não fosse o voo do goleiro Adriel para raspar a bola, antes dela ainda explodir no travessão e sair da área. A resposta gremista veio na sequência. Aos 39 minutos, depois de boa trama, a bola foi rolada para Rildo que emendou da entrada da área. O goleiro adversário saltou para espalmar à escanteio. Na cobrança feita na segunda trave por Matheus Nunes, Alison Calegari subiu livre e testou para baixo. A bola triscou o pé da trave esquerda antes de sair.

O Tricolor começou a etapa complementar disposto a buscar a classificação. Logo aos três minutos, Pedro Lucas tabelou com Rildo pelo lado direito e recebeu já dentro da área no fundo do campo. Ele levantou a cabeça e rolou para o meio, no pé de Rildo. De frente pro gol ele bateu firme para milagre do goleiro na interceptação. A bola ainda correu quase em cima da linha, antes de sair.

A pressão deu certo aos 11 minutos. Elias recebeu o lançamento e espichou o passe no fundo do campo para Fabricio, pela direita. O cruzamento passou sobre Elias e Pedro Lucas no meio da área, mas não por Rildo, no segundo pau. Ele teve tranquilidade para dominar e bater colocado, de direita, para mandar no ângulo esquerdo e fazer a alegria do torcedor. 1 a 0!


O Vasco teve a chance de igualar cinco minutos depois em lançamento na linha defensiva da área. De frente pro crime, o avante carioca chutou por cima do gol. Aos 31 minutos, veio e empate. A defensiva saiu jogando errado ao tentar dar o chutão na linha de fundo. A bola foi curta. A equipe do Vasco trabalhou rápido a posse e a bola foi cruzada rasteira. A zaga afastou parcialmente para o meio da área onde estava Arthur que só teve o trabalho de chapar para o gol. 1 a 1.

Aos 36 minutos o Tricolor chegou em tabelamento de Gonçalves com Alison Calegari. Gonçalves recebeu com espaço e da entrada da área bateu firme, em curva, de canhota. O chute encobriu o goleiro e foi no travessão, antes de sair. Aos 40, Vitor recebeu em velocidade pelo meio, entortou o marcador e sentou a chinelada de fora da área. A bola quase traiu o goleiro que conseguiu espalmar para frente e salvar o Vasco.

A melhor chance até então veio aos 42, em cobrança de escanteio. A bola foi curta, mas a zaga ficou indecisa e deixou passar. Livre, na pequena área, Fabricio quis chutar forte e errou o alvo, mandando por cima o gol que parecia feito. Aos 45, após cobrança de falta lateral de Matheus Nunes, Alison Calegari se adiantou ao zagueiro e desvio de costas pro gol de cabeça, mas a bola foi no meio do gol.

Assim a decisão foi para a marca da cal, e deu Grêmio! Agora a equipe espera a definição do seu adversário que sairá da partida entre Oeste-SP e São Paulo, nas semifinais.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações