Excursão ao México não foi tão positiva como esperavam os dirigentes do Santos

Por Lula Terras

Jogadores do Santos, no estádio do Querétaro, antes do início da partida de terça-feira
(foto: divulgação Santos FC)

O Santos cumpriu uma de suas metas propostas pela diretoria para o período de recesso durante a realização da Copa do Mundo, a de mostrar um time em condições de conquistar o título nas competições do restante da temporada, que é o Campeonato Brasileiro, Libertadores da América e Copa do Brasil. Foram duas partidas amistosas no México, contra tradicionais equipes locais. Derrota na estréia, por 1 a 0, contra o Monterrey e empate em 0 a 0, contra o Querétaro, cuja referência mais forte foi ter ido o clube, pelo qual jogou o ídolo brasileiro, Ronaldinho Gaúcho. 

Vale destacar que nesses amistosos, cujo objetivo seria mostrar ter havido uma grande evolução, em relação à campanha pré-Copa, a meu ver, nada de evolução. De novo, apenas a inclusão de alguns jovens atletas na delegação, que sequer foram aproveitados pela comissão técnica, que mostra estar com um grupo fechado, que conta com jogadores que nada têm a acrescentar de qualidade ao grupo. Em respeito aos profissionais, prefiro não citar nomes, me limito a dizer quer mudanças urgentes devem acontecer na zaga, meio de campo e ataque 

E, por falar em metas, o presidente José Carlos Peres cansou de alardear pela imprensa que faria algumas contratações de impacto, ainda no recesso, para que o Santos volte aos bons tempos de conquistas. Até agora, apenas a chegada do meia costarriquenho Bryan Ruiz, que veio, praticamente sem altos custos, por ter saído brigado com o Sporting de Portugal, e não conseguiu se encaixar em outros clubes europeus, como era sua pretensão.

No mais, o que a gente tem acompanhado pela imprensa esportiva e redes sociais são apenas especulações de possíveis reforços para o clube, mas, na minha opinião, nada impactante, como prometeu o presidente, mesmo com a expectativa para a entrada de muito dinheiro, que certamente será um fator facilitador, ou não?
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Colabore

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações