terça-feira, 22 de janeiro de 2019

São Paulo faz 5 a 2 no Guarani e está na final da Copinha

Com informações do site oficial do São Paulo FC
Foto: Celio Messias / saopaulofc.net

São Paulo foi superior ao Bugre durante toda a partida e venceu por 5 a 2

Pelas semifinais da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o Tricolor encarou o Guarani, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara. Mais uma vez com o apoio da torcida, o São Paulo venceu por 5 a 2 e está na final do torneio. Com gols de Antony (2), Fabinho, Paulinho e Vitinho, o time de Cotia estará no Pacaembu na sexta-feira, dia 25 de janeiro, no mais tradicional torneio de base do Brasil. Lucas Prado e Davó fizeram os gols do Bugre.

Sem poder contar com seu principal artilheiro, Gabriel Novaes, que soma nove gols na competição, que foi expulso diante do Cruzeiro, nas quartas de final, o técnico Orlando Ribeiro optou por colocar Danilo na composição do ataque. Com isso, o Tricolor iniciou a partida com Thiago Couto, Caio, Tuta, Morato e Welington; Diego, Rodrigo Nestor e Paulinho; Antony, Danilo e Fabinho.

Se a temperatura ambiente era de 36 graus, do jogo também era alta. Logo aos três minutos, Rodrigo Nestor roubou a bola e lançou para Antony, que saiu cara a cara com o goleiro e não perdoou, 1 a 0. Quatro minutos depois, o camisa 7 quase ampliou, mas a bola raspou a trave pelo lado de fora.

O São Paulo era mais agudo no ataque, enquanto o Guarani tentava assustar nos contra-ataques. Aos 25 minutos, Danilo desarmou o atacante do Bugre na bola, mas o árbitro erroneamente marcou falta e aplicou cartão amarelo. Fabinho, Antony e Paulinho tiveram boas oportunidades, mas o goleiro Guilherme apareceu bem, defendendo sua meta.

Aos 44 minutos, Danilo fez grande jogada dentro da área, passou pelo marcador e também pelas mãos de Guilherme, mas a bola pegou na trave e voltou para o goleiro. Nos acréscimos, Diego sentiu a coxa esquerda, mas seguiu no jogo. Os times foram para o intervalo e na volta foram surpreendidos com a queda de energia de uma das torres de refletores, o que atrasou o segundo tempo em 17 minutos.

Com a bola rolando novamente, Fabinho, aos 5 minutos cruzou, Rodrigo Nestor desequilibrado tentou de letra, mas saiu sem força. Aos 7 minutos, foi a vez de Fabinho receber um passe na medida de Rodrigo Nestor, 2 a 0 São Paulo. Danilo mais uma vez carimbou o travessão, inflamando ainda mais a torcida, que não parava de cantar na Arena.

Aos 18 minutos, Paulinho cruzou na área e o bugrino cortou com a mão, pênalti para o São Paulo, que foi cobrado por Fabinho, mas o goleiro Guilherme defendeu. Na sequência, mostrando que não havia abalado o time, o Tricolor foi para cima. Antony, de novo, arriscou de fora da área, no cantinho esquerdo, ampliando, 3 a 0.

Com dores na coxa, Diego foi substituído por Marcos Jr, enquanto Ed Carlos substituiu Fabinho. Na sequência, Antony e Danilo deram espaço para Sena e Weverson atuarem nos 20 minutos finais. Com 30 minutos, o Guarani diminuiu. Lucas Prado marcou para o Bugre. Entraram Vitinho e Fasson, saindo Welington e Rodrigo Nestor. Ainda deu tempo para mais gols são-paulinos: Paulinho recebeu de Vitinho e finalizou. Aos 47, o Guarani diminuiu mais uma vez, com Davó, mas o Tricolor fez mais um com Vitinho no apito final.

Com a vitória, o Tricolor finalista da 50ª Copa São Paulo de Futeol Júnior. Essa é a décima primeira vez que o time do Morumbi chega em uma final do torneio, sendo que venceu três, 1993, 2000 e 2010. No ano passado, esteve na final, mas foi derrotado por 1 a 0 pelo Flamengo.

O São Paulo espera a definição do adversário, que sairá do duelo entre Corinthians e Vasco. A final está marcada para dia 25 de janeiro, sexta-feira, às 15h30, no estádio do Pacaembu.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações