Rodolfo Rodriguez enfrentando a Seleção Uruguaia pelo Santos

Foto: arquivo

 Rodolfo Rodriguez, na Copa Kirin de 1985, enfrentou por duas vezes a Seleção de seu país

Em 6 de junho de 1985 acontecia no Estádio Olímpico de Tóquio, no Japão, a final da Copa Kirin daquele ano, um torneio que os nipônicos criaram para popularizar o esporte no país e que acontece até os dias de hoje. A final daquela edição colocou, frente a frente, o Santos FC e a Seleção Uruguaia, com o Peixe levando vantagem, sendo que este confronto tinha sido realizado também dias antes, e que terminou em 1 a 1. Porém, esses dois jogos têm uma curiosidade: o goleiro Rodolfo Rodriguez, que defendia o Peixe, encarando a Celeste Olímpica.

Rodolfo Sergio Rodriguez y Rodriguez era um dos maiores goleiros do mundo nos anos 80, sendo importantíssimo na conquista da Libertadores pelo Nacional, em 1980, e passando a ser titular da Celeste, que conquistou o Mundialito de 1981, no Uruguai, mas que falhou na busca de uma vaga para a Copa do Mundo de 1982. Mesmo assim, o goleiro era conhecido por fazer defesas milagrosas e, com esta fama, o Santos foi buscá-lo e logo tornou-se ídolo da torcida do Peixe, sendo um dos alicerces no título paulista de 1984.


Porém, no primeiro semestre de 1985, o Santos não foi bem no Campeonato Brasileiro e aceitou o convite para jogar a Copa Kirin e na segunda quinzena de maio partiu para o Japão. Além do Peixe e da Seleção Uruguaia, participaram do torneio a Seleção Japonesa, o Malaysian Tigers (uma espécie de Seleção Sub-23 do país), o West Ham United (Inglaterra) e o Yomiuri (detentor do título japonês na época e atual Verdy Tokyo).

O Peixe estreou na competição em 26 de maio, vencendo o West Ham, por 2 a 1, em Shimizu. No mesmo dia, em Tóquio, o Uruguai bateu o Japão por 4 a 1. Dois dias depois, o Peixe aplicava 8 a 1 no Malaysian Tiger, em Okayama, enquanto a Celeste venceu o Yomiuri, com dificuldades, por 4 a 3, em Omiya.


Em 30 de maio, na cidade de Hiroshima, pela primeira vez Rodolfo Rodriguez, com a camisa do Santos, enfrentaria a Seleção Uruguaia, que começou melhor e abriu o marcador aos 21 minutos, com Carlos Aguilera. A Celeste só não ampliou graças a performance do grande goleiro, que não se intimidou a enfrentar a seleção de seu país. No segundo tempo, o Santos melhorou e empatou aos 15', com Davi.

Cada time ainda faria dois jogos. O Santos venceu o Japão, por 4 a 1, em Kobe, e o Yomiuru, por 4 a 0, em Yokohama, garantindo o primeiro lugar na fase inicial. Já os uruguaios fizeram 6 a 0 no Malaysian Tiger e empataram com o West Ham em 1 a 1, garantindo a segunda colocação. Com isto, Peixe e Celeste estavam na final do torneio.


Na decisão em Tóquio, no dia 6 de junho se o empate persistisse após 90 minutos haveria prorrogação de 30 minutos e se ainda assim não houvesse vencedor haveria disputa de pênaltis. Os santistas e Rodolfo Rodriguez enfrentavam o Uruguai pela segunda vez em sete dias, e o técnico Castilho temia a possível violência do adversário. Humberto foi claro ao afirmar que “não vamos tolerar o jogo sujo do Uruguai e esperamos que o árbitro faça o mesmo. Se eles começarem a bater, terão o troco.”

Com grande público (35 mil pessoas assistiram a final), o Santos teve ótima atuação perante a Celeste, que ainda saiu na frente, com Carlos Aguillera. Porém, Zé Sérgio e Mirandinha (duas vezes), colocaram o Peixe na frente. Enquanto Rodolfo Rodriguez era a segurança na meta, os santistas seguravam o jogo. Carrasco ainda diminuiu para o Uruguai, mas Zé Sérgio fez o gol que selou o título do Peixe: 4 a 2.


Rodolfo Rodriguez voltaria à Seleção Uruguaia para as Eliminatórias da Copa do Mundo, em 1985, e só não foi titular da Celeste no Mundial porque se machucou antes do início da competição, ficando no banco de reservas. Tudo isto depois ele ter enfrentado a equipe duas vezez.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Colabore

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações