O começo de Oliver Kahn no Karlsruher

Por Lucas Paes
Foto: Arquivo

O  jovem Kahn jogando pelo Karlsruher

Neste dia 15 de junho, completa 51 anos uma das maiores muralhas da história do futebol mundial: o goleirão Oliver Kahn, figura lendária dos anos 1990 e 2000 no futebol alemão. Mais um dos vários excelentes goleiros formados pelos germânicos, ele tem sua história muito ligada aos anos em que passou no Bayern, onde conquistou basicamente todos os títulos possíveis. Mas o começo da trajetória do paredão foi no time de sua cidade natal, o Karlsruher.

Kahn chegou ainda criança no KSC, onde seu pai havia jogado entre 1962 e 1965. Inicialmente um jogador de linha, ele foi para o gol e começou a fazer sucesso na base. No ano de 1987 ele assinou o primeiro contrato profissional com o clube, passando a ser reserva em duelos do Campeonato Alemão, ele estreou em jogos da liga numa goleada sofrida pela sua equipe por 4 a 0 para o Koln, ainda em 1987. Ao mesmo tempo era presença constante nos jogos do time B, ou Karlsruher II. Em 1990, o treinador Schafer decide por coloca-lo de titular.

Rapidamente, o goleiro caiu nas graças da torcida e passou a ser peça chave do elenco. Apesar de um período em baixa na temporada 1990/1991, passou a ser titular constantemente novamente na temporada 1991/1992. Seu auge pelo clube veio na temporada 1993/1994, quando levou a boa equipe do Karlsruher até a semifinal da Copa da UEFA, atual Liga Europa, quando os alemães acabaram eliminados pelo Austria Salzburg. No meio dessa campanha, a equipe chegou a golear o Valencia por 7 a 0. Foi nomeado o goleiro do ano da Bundesliga naquela temporada.


Sua qualidade e seus ótimos jogos rapidamente chamaram a atenção de equipes maiores da Alemanha e o Bayern mostrou interesse na aquisição de Kahn. Os bávaros fecharam a negociação por 2,5 milhões de euros, um valor alto para a época, que representou inclusive um recorde envolvendo negociação de goleiros. No total, segundo dados do site ogol, ele fez 148 partidas defendendo as metas do KSC.

A partir da ida para o Bayern, o resto é história. Kahn chegou a seleção nacional, ganhou praticamente todos os títulos possíveis com o time de Munique e ajudou a Alemanha a chegar ao vice-campeonato da Copa do Mundo em 2002 (para bem e para mal). Ele se aposentou do futebol na temporada 2007/2008. Chegou a tirar licença para treinador e também fazer cursos universitários na área financeira, mas ainda não comandou nenhuma equipe depois da aposentadoria.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Colabore

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações