1967 - O primeiro Robertão e o título da Academia do Palmeiras

Por Letícia Denadai / FPF
Foto: Arquivo Palmeiras

O time do Palmeiras campeão do Robertão de 1967

No dia 08 de junho de 1967, a “Primeira Academia”, comandada por Djalma Santos, Dudu, Ademir da Guia e Cesar Maluco, conquistou o seu primeiro título nacional -o segundo da história do Palmeiras. Com dois gols de César Maluco, que se tornou o artilheiro da competição, o Palmeiras venceu o Grêmio e levantou o título do Torneio Roberto Gomes Pedrosa.

O campeonato era dividido em duas fases -na primeira, as 15 equipes foram separadas em dois grupos, um com sete e outro com oito. Os dois primeiros de cada agrupamento garantiam vaga para a próxima fase. O Palmeiras classificou em primeiro no Grupo B, com 19 pontos -sete vitórias, cinco empates e duas derrotas. Corinthians e Internacional classificaram pelo Grupo A e o Grêmio foi o outro a garantir vaga ao lado do Palmeiras. Na segunda fase do torneio, as quatro equipes se enfrentavam em ida e volta, ficando com o título quem conquistasse mais pontos.

Na última rodada, o Palmeiras precisava apenas de um empate com o tricolor gaúcho para ficar com o título -se o Grêmio vencesse, o título ficaria com o rival Internacional. Mas o time comandado por Aymoré Moreira não deixou de jogar o futebol que vinha apresentado durante todo o torneio, com lances rápidos e muita velocidade.

A equipe paulista começou pressionando o adversário desde o começo e, logo aos oito minutos, Ademir da Guia cruzou a bola na área e César, mesmo marcado, conseguiu tocar a bola, mandando para o fundo das redes. Mesmo em vantagem, os donos da casa não deixavam de atacar e, aos 24 minutos, foi a vez de Tupãzinho servir o artilheiro, em jogada pela esquerda, que Cesar Maluco chutou cruzado, saindo da marcação.


O gol do time gaúcho veio apenas no final do segundo tempo, quando o clima de festa já tomava conta do Pacaembu. Aos 38 minutos, o juiz assinalou pênalti de Baldochi, com Ari Ercílio batendo e convertendo. Antes do apito final, o defensor palmeirense Ferrari foi expulso, por reclamação. Mesmo com um a menos, o Palmeiras conseguiu a vitória e conseguiu o título, sendo o primeiro título daquele ano. No fim daquela temporada, o Palmeiras ainda conquistaria a Taça Brasil.

Artilheiro - César Maluco começou a carreira no Flamengo e, em 1967, chegou por empréstimo ao Palmeiras, clube onde fez história. Foi contratado de forma definitiva justamente pelo desempenho que teve no torneio nacional. Com os dois gols na final, ele assumiu a artilharia, com 15 tentos no total.

Além disso, César é o único jogador que já vestiu a camisa do Palmeiras a ser artilheiro do Campeonato Brasileiro e o único também que foi artilheiro por duas competições diferentes (o camisa 9 também foi quem mais marcou no Campeonato Paulista de 1971, com 18 gols). Ao todo, foram oito anos de clube, com 327 jogos e 182 gols, sendo o segundo maior artilheiro da história alviverde.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Colabore

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações