O início de Élber no Londrina

Foto: Folha de Londrina

Élber em começo de carreira, em treino pelo Londrina

Um dos maiores artilheiros da história da Bundesliga, o Campeonato Alemão é um brasileiro. Élber Giovane de Souza, nascido em Londrina, em 23 de julho de 1972, jogou pouco em seu país de origem e seu início foi no time da terra natal: o Londrina EC.

Élber começou nas próprias categorias de base do Tubarão. Sua facilidade de marcar gols era tamanha, que logo chamou a atenção e foi alçado to time principal da equipe. Em 1º de março de 1990, com apenas 17 anos, marcou o seu primeiro gol na equipe profissional, na vitória por 2 a 0 sobre o Colorado, fora de casa, pelo Campeonato Paranaense.

Apesar de em 1990 ter tido poucas chances no time profissional, Élber passou a fazer parte da Seleção Brasileira Sub-20, comandada por Ernesto Paulo, e ainda atuava na mesma categoria pelo Londrina, onde sempre chamava a atenção.

Em 1991, por estar sempre fazendo parte do selecionado Sub-20, passou a fazer parte de vez do elenco principal do Londrina. Porém, jogava pouco, pois sempre era convocado para a preparação da Copa do Mundo Sub-20.


Mas, mesmo assim, Élber marcou mais dois gols pelo Tubarão, um em 31 de março, mais de um ano do seu primeiro tento com a camisa celeste e branca, contra o Ubiratan (vitória por 3 a 2) e outro no confronto regional contra o Grêmio Maringá (vitoria por 3 a 1), em 7 de abril. Ambos os jogos foram pelo Brasileirão Série B.

Élber ainda desceria para o Sub-20 do Londrina, onde foi o grande jogador da equipe que conquistou a Copa Contubos, realizada na própria seguida. Em seguida, Ernesto Paulo confirmou o seu nome entre os convocados para a Copa do Mundo Sub-20, em Portugal.

Mesmo com nomes como Roberto Carlos, Djair, Sergio Manoel, Andrei, além, é claro, do próprio Élber, o Brasil acabou perdendo o título nos pênaltis para a seleção da casa, que tinha Rui Costa e Luís Figo. Porém, Élber, que perdeu uma das cobranças na decisão, foi o artilheiro da competição, com seis gols, e chamou a atenção de times europeus.

Élber, agachado, no centro, na equipe do Londrina

Na volta ao Londrina, nem deu tempo de Élber voltar a jogar pelo Londrina. O Milan foi ao Paraná e contratou o jovem artilheiro, que tinha apenas 19 anos, na época, por US$ 1 milhão. Porém, naquela época, o time italiano tinha uma verdadeira máquina, que dominava o futebol europeu e tinha os grandes atacantes, e o jovem brasileiro foi emprestado ao Grasshopper, da Suíça.

Da Suíça, ele nem voltou ao futebol italiano, já que o Stuttgart o contratou. Na Alemanha, virou rei! Ainda mais quando foi para o Bayern de Munique, onde até chegou à Seleção Brasileira. Depois, chegou a ir para França, onde defendeu o Lyon, voltou ao futebol germânico, jogando pelo Borussia Mönchengladbach, e retornou ao Brasil, onde encerrou a carreira no Cruzeiro.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Colabore

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações