Bellini - O primeiro a levantar a taça do Mundo, em mais de um sentido

Por Lucas Paes
Foto: Reprodução

O gesto de levantar a taça aconteceu por acaso

Há seis anos, num dia 20 de março com hoje, perdiamos o primeiro capitão a levantar uma Copa do Mundo pela Seleção Brasileira de Futebol. Nascido em 7 de Junho de 1930, Bellini foi um dos melhores zagueiros que o Brasil já produziu. Dono de boa técnica e ótimo tempo de defesa, foi escolhido por Vicente Feola como o capitão daquela Seleção Brasileira. Era ele que fez história como o primeiro de outros cinco que levantaram a taça pela amarelinha.

Bellini começou a carreira nos juvenis da Itapirense, time de sua cidade. Despontou pra valer no Vasco da Gama e jogou também por São Paulo e Athletico Paranaense. Quando convocado para defender o Brasil na Suécia, era jogador do Cruzmaltino. Naquele ano, por pedido de fotógrafos, criaria um gesto que seria copiado por capitães de seleções de todo o mundo depois, não só do Brasil.

O Brasil acabara de vencer a Suécia na final da Copa do Mundo, na casa dos suecos, por 5 a 2, com um verdadeiro show de bola e uma atuação de gala de um garoto de 17 anos, um tal de Pelé. Em meio a festa, obviamente diversos fotógrafos queriam pegar imagens para eternizar o momento. Haviam obviamente muitas pessoas na frente e segundo o próprio Bellini já contou, ele mesmo não sabia o que fazer quando recebeu a taça das mãos do Rei Gustavo da Suécia. Foi ai que os fotógrafos indiretamente mudaram a história.

De alguns na frente, Bellini ouviu os pedidos para levantar a taça. Não vendo uma alternativa melhor, Bellini o fez, sem saber que seu gesto ficaria marcado para sempre e mudaria a forma de se celebrar títulos pelo mundo inteiro. A foto, eternizada, virou capa de jornais, rodou o mundo. Aos poucos o gesto foi se espalhando pelo futebol. Em 1962, com outro título de Copa do Mundo para o Brasil, o capitão Mauro Ramos de Oliveira repetiu o gesto. A partir daí, virou praticamente um padrão nas Copas do Mundo.


Da Copa do Mundo, o gesto se transferiu para o futebol como um todo. Hoje em dia, ninguém sequer estranha quando o capitão de uma equipe leva a taça ao ar, o gesto vai desde a várzea até a Liga dos Campeões da Europa. Tudo isso começou com Bellini, que criou uma tendência e mudou a história do futebol, ou pelo menos de como se comemora um título no futebol.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Colabore

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações