segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

Time Sub-17 de avaliação do Barcelona Capela é finalista em dois torneios

Fotos: divulgação Barcelona Esportivo Capela

O time do Barcelona Capela em Capão Bonito

O Barcelona Esportivo Capela segue fazendo o seu trabalho de "garimpar" novos talentos para as duas equipes que irão disputar as competições da Federação Paulista de Futebol em 2020. E, nesta virada de ano, o time sub-17 de avaliação do clube disputou dois torneios e chegou na final em ambos.

O primeiro deles foi na terceira semana de dezembro. A Copa Zico, realizada no Clube Indiano, localizado na Zona Sul de São Paulo, contou com a presença de diversos clubes formadores da Grande São Paulo. O Barcelona chegou na final invicto e encarou o Prata da Casa. O jogo, realizado em 22 de dezembro, foi disputado e terminou com o placar de 0 a 0 no tempo normal. O Elefante Paulistano perdeu o título na decisão por pênaltis. Pablo foi escolhido o melhor goleiro da competição.

Já na semana passada, o Sub-17 de avaliação do Barcelona Capela disputou um outro torneio, o Futshow, desta vez na cidade de Capão Bonito. Novamente, o time da capital bandeirante chegou à final, contra o Buri, campeão da cidade na categoria. A decisão foi na sexta-feira, dia 17, no Estádio Doutor José Sidney da Cunha, a casa do Elosport no Campeonato Paulista. A equipe local levou a melhor e venceu por 2 a 0, com ambos os gols saindo no segundo tempo.


Neste torneio, os jogadores do Barcelona Capela conquistaram prêmios individuais. Castanheira foi o artilheiro e Pablo o goleiro menos vazado. Além disto, outro destaque da equipe foi Maranhão, considerado um dos melhores da competição.

Apesar do título ter escapado por detalhe em ambos os torneios, o Barcelona Capela faz uma avaliação positiva desta equipe, de acordo com o coordenador de futebol, João Paulo Afonso. "Este é um time de avaliação, que ainda terá reforços até o início do Campeonato Paulista. Porém, os resultados já estão bons e os garotos entendem a filosofia de jogar do nosso clube", afirmou.

Espírito esportivo - No torneio em Capão Bonito, uma cena envolvendo o Barcelona Capela acabou chamando a atenção pelo espírito esportivo. O lance envolveu o garoto Lucas, de apenas 10 anos, de um dos times que disputavam a categoria, e o atleta Castanheira, do Sub-17 do Elefante da Capital.

O menino Lucas e Castanheira

"Na final do Futshow Sub-10, vi um garoto chorando, pois perderam o título nos pênaltis. Quando o vi, cheguei nele e falei assim: 'você tem quantos anos?'. Ele disse: 'tenho 10!'. Falei para ele não chorar, pois era vitorioso e novo e que iria ganhar muitos títulos. Na final do Sub-17, o presenteei com a camisa do Barcelona Capela, ele ficou todo feliz e chorou novamente, mas desta vez de agradecimento", contou Castanheira.

O atleta do Barcelona ainda deixou uma mensagem para ele. "Disse para ele não chorar, pois quem sabe um dia agente não jogaríamos juntos e levantamos a taça juntos também. Enfim, fiquei muito feliz por ter o presenteado e que Deus tem algo maravilhoso para a vida dele", finalizou.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações