segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

No apagar das luzes, Santos bate o Guarani e vence a primeira no Paulistão

Por Lucas Paes
Foto: Ivan Storti/SFC


No jogo 100 com a camisa santista, Eduardo Sasha passou em branco

No apagar das luzes, o Santos foi buscar a vitória contra o Guarani no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, na noite desta segunda-feira, dia 27, em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Paulista. O Bugre lutou muito, mesmo com um jogador a menos no segundo tempo inteiro praticamente, mas o Alvinegro Praiano venceu e passou a liderança do Grupo A na competição. O Guarani segue com três pontos, na vice liderança do Grupo 4, atrás do Corinthians. 

O Guarani havia goleado na primeira rodada fora de casa, fazendo 4 a 0 em cima da Inter de Limeira em pelo Levy Sobrinho. Do outro lado, o Santos havia decepcionado na sua estreia, empatando em 0 a 0 com o Red Bull Bragantino em jogo onde o Massa Bruta teve as melhores chances. 

O duelo começou com o alviverde campineiro tentando pressionar o Peixe e já criando um lance logo no começo, com um cruzamento da direita de Pablo que foi bem defendido por Everson. O jogo começou muito travado e sem grandes lances de ambos os lados. Isso só foi mudar aos 21 minutos, quando o Santos trabalhou bem e Felipe Jonathan cruzou para Arthur Gomes abrir o placar no Brinco de Ouro. Pouco depois do gol, o Alvinegro Praiano chegou de novo, com uma jogada de Pará que terminou com finalização de Pituca para fora. 

Apesar de tocar muito a bola, os bugrinos não conseguiam oferecer perigo, enquanto os santistas tomavam conta das ações ofensivas, apesar de falharem na hora do último passe. Uma boa chance veio aos 33', quando Felipe Jonathan chutou de fora da área e a bola passou perto do gol alviverde. Com nenhuma das duas equipes conseguindo criar mais nenhuma grande chance, o primeiro tempo terminou mesmo com a vantagem alvinegra. 

A etapa final começou com expulsão: Lucas Abreu, do Bugre, deu entrada violenta em Luiz Felipe e foi expulso com justiça. Aos 4 minutos, os alviverdes chegaram em cobrança de falta de Giovanny que Everson espalmou. Pouco depois, o Peixe finalizou duas vezes seguidas, primeiro com um chute perigoso de Raniel e depois com uma chegada rápida de Jean Mota. O segundo tempo estava bem mais agitado e o time da casa chegou muito perto do empate aos 10', quando Bidu cabeceou com muito perigo e Everson fez uma defesaça. Ai foi a vez do Santos chegar, com Raniel rolando para o meio e Jeferson Paulino evitando que a bola chegasse para Sasha marcar.

Quando parecia que o Santos buscaria o segundo gol, o Guarani empatou o placar. Bidu cruzou na área, Marcelo cabeceou e Rafael Costa deixou tudo igual. Pouco depois o Peixe chegou, com Raniel chutando colocando e obrigando Jeferson à fazer boa defesa. Depois, Sasha perdeu boa chance em sobra de um escanteio.


A partir daí o jogo deu uma esfriada, sem grandes chances para os dois lados, apesar das duas equipes atacarem muito. Aos 40', o Guarani chegou e quase virou o jogo. Matheusinho puxou o contra-ataque e cavou para Júnior Todinho, que só não virou o jogo porque Everson saiu muito bem para evitar a virada. Pouco depois, Bruno Sávio chutou de longe e acabou mandando para fora. Ai foi a vez do Santos chegar, com Jean Mota chutando de fora da área para boa defesa de Jeferson. Quando parecia que o jogo terminaria empatado, nos acréscimos, Jean Mota bateu falta, Pablo tentou tirar e marcou contra. Vitória do Santos no Brinco de Ouro. 

Na próxima rodada, o Santos joga em casa, na Vila Belmiro, contra a Inter de Limeira, na quinta-feira, dia 30, as 19h15. O Guarani volta a jogar no mesmo dia, fora de casa, contra o Mirassol, as 21h30. 
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações