segunda-feira, 6 de março de 2017

Carnaval e Futebol - Duas paixões que podem fazer uma mistura perigosa

Por Lula Terras

Torcidas organizadas têm suas escolas de samba e desfilam no carnaval paulistano

Terminada mais uma edição da folia de Momo, a parceria que sempre existiu entre o futebol e o carnaval deu mostras que está mais forte do que nunca, com o surgimento de inúmeras escolas de samba formadas por torcidas organizadas de grandes equipes de futebol. A dúvida que fica é que se isto é positivo ou não para essas duas paixões do povo brasileiro.

Ao meu ver, a possibilidade é grande de uma se sobrepor a outra, no caso as passarelas de samba se tornar em uma extensão das arquibancadas dos estádios, onde a violência tem produzindo inúmeras vítimas e, com isso, afastando cada vez mais os verdadeiros torcedores.

Vale destacar que importantes atletas profissionais mostravam suas habilidades, não só nos campos de futebol, mas também na passarela do samba. Também é comum ver que isso, também acontecia com empresários e contraventores, que se dividiam entre o comando de um time de futebol e de escola de samba. O mais famoso caso foi do famoso bicheiro carioca, Castor de Andrade, que mandava no Bangu e na Mocidade Independente de Padre Miguel.
Escolas de Samba de São Paulo
Ligadas à Torcidas - todos os Grupos 
Gaviões da Fiel (Corinthians)
Mancha Verde (Palmeiras)
Dragões da Real (São Paulo)
Independente (São Paulo)
Torcida Jovem (Santos)
Camisa 12 (Corinthians)
TUP (Palmeiras)
Essa nova fase está mais forte, na cidade de São Paulo, que no Desfile do Grupo Especial, neste Carnaval, contou com três escolas de samba, que na verdade, são torcidas organizadas. A Escola de Samba Dragões da Real, ligada a uma das organizadas do São Paulo, sagrou-se Vice-Campeã, atrás apenas da Unidos do Tatuapé. Também participaram do desfile da Mancha Alviverde, da torcida com o mesmo nome, do Palmeiras; e a corintiana, Gaviões da Fiel, que chegou a conquistar o título de campeã, em outros tempos.

Em 2018, este número vai aumentar, com a chegada da Escola de Samba Independente, ligada à torcida são paulina, do mesmo nome, que se sagrou Vice-Campeã do Grupo 1 deste ano. A expectativa que fica é que se outras escolas de samba, também ligadas à torcidas, consigam o objetivo de ascender o grupo principal, como ficará o nosso carnaval? Será que corre o risco de deixar de ser parceiro para ser apenas uma extensão do futebol, com todos os riscos que isto representa?
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Total de visualizações