sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Sampaio Corrêa - Campeão Brasileiro da Série B 1972

Sampaio Corrêa campeão da Série B em 1972

O ano de 2012 foi especial para o torcedor da Bolívia Querida. O Sampaio Corrêa conquistou três títulos na temporada: foi tricampeão Maranhense, bi da Copa União e ainda levou o tão esperado título da Série D do Brasileiro. Parece até que foi para comemorar 40 anos de um dos principais títulos da história do clube: a Segundona Brasileira de 1972.

A Série B de 1972 foi disputada por 24 equipes. Todas do Nordeste. Isto fazia parte do plano de expansão do futebol pela Confederação Brasileira de Desportos (CBD), antecessora da CBF. Era a segunda vez em que era realizada uma segunda divisão.

As equipes foram divididas em quatro grupos. O Sampaio Corrêa caiu no Grupo A, com Tiradentes do Piauí, o rival Moto Club, Fortaleza, Guarany de Sobral e Flamengo do Piauí. A Bolívia ficou em primeiro, com 13 pontos, com cinco vitórias, três empates e duas derrotas. O Tiradentes também se classificou.

Na segunda fase, as agremiações foram divididas em dois grupos de quatro equipes. O Sampaio Corrêa enfrentou novamente o Tiradentes, além do Atlético Baiano e o Itabaiana. Apenas o primeiro colocado de cada grupo passava à final. E a Bolívia Querida conseguiu o feito com oito pontos conquistados, sendo três vitórias, dois empates e apenas uma derrota.

A equipe antes de um dos jogos

Aí chegaria o grande dia que ficou na memória do torcedor Boliviano: o dia 17 de dezembro de 1972. O Sampaio Corrêa entrava no gramado do Estádio Nhozinho Santos, em São Luís, capital do Maranhão, para decidir o título contra o Campinense, em partida única.

O marcador da grande final foi aberto por Wolmir, do Campinense. A torcida da Bolívia Querida empurrou o time, que buscou o empate com Pelezinho. E a partida foi para uma prorrogação que terminou sem gols e o título seria decidido nos pênaltis.

Naquela época, as cobranças deveriam ser executadas por apenas um cobrador. Do lado do Campinense foi escolhido Ivan Lopes e pelo Sampaio Neguinho. Após cinco cobranças de cada atleta, Ivan Lopes perdeu e, Neguinho já exausto, conferiu. Sampaio Corrêa, campeão da Série B do Brasileiro de 1972.

O time do Sampaio tinha como principal formação: Jurandir; Célio Rodrigues, Neguinho, Nivaldo e Valdecy Lima, Gojoba, Edmilson Leite e Limas; Djalma, Pelezinho e Jaldemir. O treinador da equipe era Marçal Tolentino Serra.

Pelezinho terminou como artilheiro da competição com oito gols marcados. A equipe realizou 16 jogos. Foram sete vitórias, seis empates e três derrotas, com um aproveitamento de 56,25%. No total, foram 19 gols marcados e oito sofridos, alcançando um saldo positivo de 11 gols.

Porém, assim como em 1971, campeonato em que o campeão foi o Villa Nova de Minas Gerais, o regulamento não previa acesso para o campeão e o Sampaio Corrêa viu o rival Moto Club, 11º em 1972, ser convidado para disputar o Brasileirão em 1973. E a Bolívia Querida não jogou a competição. A segunda divisão não foi disputada em 1973, retornando apenas em 1980.

Além da Série B de 1972 e da D deste ano, o Sampaio Corrêa ainda foi campeão da Série C em 1997. Nos títulos de 2012 e 1997, o Tricolor venceu as respectivas competições de forma invicta. É a única agremiação que conseguiu vencer três divisões nacionais diferentes.

Vídeo sobre o título


Ficha Técnica

Sampaio Corrêa 1 x 1 Campinense
(5x4 nos pênaltis)

Local: Estádio Nhozinho Santos
Gols: Wolmir e Pelezinho

Sampaio Corrêa: Jurandir; Célio Rodrigues, Neguinho, Nivaldo e Valdecy Lima; Gojoba e Edmilson Leite; Lima, Djalma, Pelezinho e Jaldemir - Técnico: Marçal Tolentino Serra.

Campinense (PB): Olinto; Miro, Ivan Lopes, Deca e Zé Preto; Vavá e Dão; Dinga, Erasmo, Pedrinho e Wolmir - Técnico: Zé Preto.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações