sábado, 29 de agosto de 2015

Horacio Peralta campeão uruguaio do interior pelo Wanderers de Artigas

Peralta com a medalha no peito

O atacante Horacio 'El Chino' Peralta, conhecido no Brasil por sua passagem pelo Flamengo em 2006, ainda está na ativa por gramados charruas. No último domingo, ele sagrou-se campeão uruguaio do interior pelo Wanderers de Artigas, equipe do norte do país, que venceu o San Carlos, de Maldonado, por 3 a 1. A competição, que é sancionada pela Organización de Fútbol del Interior (OFI), é amadora.

O Campeonato Uruguaio do Interior, apesar de ser uma competição amadora, é muito importante no país. Como a grande maioria dos times profissionais do Uruguai são de Montevidéu, a competição acaba sendo um grande parâmetro nas outras províncias.

Comemoração da equipe com a taça

E apesar da má forma física, que era uma crítica dos torcedores do Flamengo em sua passagem por terras tupiniquins, Peralta foi importante na conquista dos 'Bohemios do Norte'. No primeiro jogo da final, realizado em Artigas, ele marcou o único gol da equipe no empate de 1 a 1.

Na segunda partida, realizada no Campus Maldonado, que contou com um público de 10 mil pessoas, Mario Amorín abriu o placar para o San Carlos, aos 34 minutos. Em menos de três minutos, o Wanderers de Artigas empatou com Germán Diaz.

Com o empate persistindo, a partida foi para a prorrogação. E aí apareceu a estrela do ex-jogador do Flamengo. Aos 5 minutos do segundo tempo, ele colocou sua equipe em vantagem. Mais quatro minutos e o Wanderers ampliou com Luis Martínez, dando o título aos Bohemios do Norte. Como o jogador mais conhecido de todo o elenco, Peralta foi o mais festejado.

Carreata em Artigas

A equipe ainda foi recebida com uma grande festa em Artigas, com direito a uma carreata com muito buzinaço na entrada da cidade junto com o ônibus do time. Isso prova a importância da competição no Uruguai.

Horacio Peralta, hoje com 33 anos, começou sua carreira no Danubio e ainda passou pelo Cerro antes de chegar ao Nacional, onde se destacou entre os anos de 2002 e 2004. No Bolso, ganhou o apelido de Chino, por se parecer com Álvaro Recoba, que tem a mesma alcunha. Foi no Nacional onde Peralta recebeu suas chances na Celeste Olímpica, por onde fez 13 jogos e marcou dois gols.

Após o Nacional, Peralta passou pela Europa, onde jogou no Cagliari, Albacete e Grasshopers. Em 2006, aportou no Flamengo, onde veio para fazer dupla com outro estrangeiro, o paraguaio César Ramirez.

Passagem pelo Flamengo

No Flamengo, Peralta mostrou, ao mesmo tempo, muita habilidade e uma péssima forma física. A segunda característica ganhou da primeira e 'El Chino' não teve muito sucesso na Gávea, fazendo 20 jogos e marcando míseros quatro gols.

Depois do Fla, passou por diversos times uruguaios, inclusive uma volta ao Nacional entre 2010 e 2011. Neste ano, o jogador disputou a Segunda Divisão Uruguaia pelo Cerrito, pequeno clube de Montevidéu e depois foi para o Wanderers de Artigas.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações