quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Atlético 5 x 5 Botafogo - Chuva de gols no Mineirão em 1998

Tico Mineiro comemora o gol de empate do Fogão

Valdir e Marques de um lado. Túlio e Bebeto de outro. Com estas boas duplas de ataque, o jogo entre Atlético Mineiro e Botafogo, realizado no dia 10 de outubro de 1998, no Mineirão, em Belo Horizonte, era certeza de muitos gols. Porém, nem o fã de futebol mais fervoroso esperava que a partida tivesse 10 gols, sendo oito no segundo tempo.

Tanto o Galo como o Fogão estavam no meio da classificação do Campeonato Brasileiro de 1998 e buscavam a vitória para se aproximar do G8 e conseguir vaga no play-off . Por isso, naquela tarde de sábado, ambos os times entraram no gramado do Mineirão tentando os três pontos.

A partida iniciou com ambos os times se estudando. O Botafogo, apesar de ser o visitante, foi ao ataque depois da metade do primeiro tempo e abriu o placar aos 30, com o artilheiro Túlio Maravilha. O Galo tentava a recuperação, mas o Botafogo ampliou o marcador nove minutos depois, com Chiquinho. Assim, a primeira etapa terminou 2 a 0 para os visitantes.

No início do segundo tempo, o Atlético veio tentando a reação e conseguiu: logo aos 2 minutos, Valdir faz o primeiro do time da casa. O Botafogo sentiu o gol e o Atlético seguiu com a reação. Aos 9, Marques empata a partida, 2 a 2.

Um dos gols de Valdir

Enquanto o Fogão estava atônito, o Galo continuou atacando. Valdir, aos 14 e 19 minutos, vira o jogo. Foram quatro gols em menos de 20 minutos. O Atlético, que perdia por 2 a 0, estava vencendo por 4 a 2. Depois de 15 minutos de menos intensidade, novamente Valdir marcava o seu quarto gol, ampliando o marcador para o Galo: 5 a 2 para a equipe da casa. Mas para quem achava que o jogo não teria mais nuances, estava enganado.

Tentando reverter a situação, o técnico do Botafogo Valdir Espinoza tirou jogadores de defesa para colocar atacantes. Aos 38, Túlio faz seu segundo gol no jogo. Dois minutos depois, Bebeto faz o quarto do Fogão.

Enquanto o Atlético tentava segurar a vitória, o Botafogo tentava o heroico empate. E a equipe da Estrela Solitária conseguiu aos 45 do segundo tempo, com o atacante Tico Mineiro (que depois defenderia Portuguesa Santista, Ituano e CRB, além de outras equipes), que havia entrado no lugar do zagueiro Grotto. Ao final dos 90 minutos, Atlético Mineiro 5, Botafogo 5, um jogo que ficou na história do futebol brasileiro.

Melhores momentos da partida

Ficha técnica

Atlético Mineiro 5 x 5 Botafogo

Local: Estádio Governador Magalhães Pinto - Mineirão
Data: 10 de outubro de 1998
Público: 12.712 pagantes
Renda: R$ 108.672,00
Árbitro: Luiz Augusto Teotônio de Almeida (DF)

Atlético Mineiro: Émerson; Paulo Baier (Roberto), Galván, Sandro Barbosa e Vitor; Edgar, Bruno, Hernani e Lincoln (Marco Antônio Boiadeiro); Marques e Valdir - Técnico: Carlos Alberto Silva.

Botafogo: Vágner; Wilson Goiano (França), Grotto (Tico Mineiro), Gonçalves e Lúcio; Pingo, Eduardo (Edimar), Chiquinho e Sergio Manoel; Bebeto e Túlio - Técnico: Valdir Espinoza.

Gols:
1º tempo: Túlio (30) e Chiquinho (39).
2º tempo: Valdir (2), Marques (9), Valdir (14,19 e 35), Túlio (38), Bebeto (40) e Tico Mineiro (45).
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações