A história de Joel Martins com o Flamengo

Por Lucas Paes
Foto: Arquivo

Joel com a camisa do Flamengo

Um dos maiores jogadores da história do Flamengo completaria 90 anos neste dia 23 de novembro. Trata-se do ex-ponta Joel Martins, campeão do mundo em 1958 pela Seleção Brasileira, que viveu seu auge no clube da Gávea e é considerado por muitos o melhor ponta direita da história do Mengão. Foi vestindo a camisa rubro-negra que o carioca viveu seu auge no esporte bretão.

Ele chegou ao Flamengo muito novo, ainda com 20 anos, numa disputa do rubro-negro com o Botafogo pelo passe doe Joel. Na época, o enclave durou um bom tempo e foi inclusive criticado pela crônica esportiva do Rio de Janeiro devido ao fato dessa disputa envolver um jogador tão jovem. Porém, no fim das contas, o rubro-negro saiu vencedor e levou Joel para a Gávea. Antes dessa disputa, quase havia parado no Vasco. 

Não demorou muito a explodir no Flamengo. Desde o início mostrava um futebol de enorme qualidade e habilidade, se mostrando desde cedo uma enorme promessa no futebol. Se consolidou ainda muito jovem com a camisa flamenguista e ainda novo foi um dos grandes destaques da equipe que conquistou o tricampeonato carioca nos anos de 1953, 1954 e 1955. Apesar de seu futebol ser excelente, o período era difícil para as pretensões flamenguistas e os títulos rareavam.

Seu futebol no Flamengo foi suficiente para chamar atenção da Seleção Brasileira, para onde passou a ser convocado a partir de 1957. No ano seguinte, foi um dos convocados para a Copa do Mundo disputada na Suécia e inclusive foi titular nos dois primeiros jogos do Brasil na competição. Acabou perdendo espaço para um tal de Garrincha, mas fez parte, inclusive atuando, do elenco campeão mundial pela seleção nacional. 

Depois da Copa do Mundo, foi contratado pelo Valência, da Espanha, onde viveu também bons momentos, deixando o clube após pouco mais de duas temporadas. Retornou ao Flamengo em 1961, quando fez parte do time campeão do Torneio Rio-São Paulo. Seria seu último título na Gávea, se despediria do Flamengo em 1963, jogando por algum tempo no Vitória antes de se aposentar. 


No total, em mais de uma década jogando pelo time flamenguista, Joel, que é um dos maiores ídolos da história do clube, atuou em 414 partidas, marcando 116 gols, números que o tornam o 16º maior goleada da história do clube. Treinador depois de encerrar a carreira, Joel partiu para o campo dos eternos no primeiro dia de janeiro de 2003, aos 71 anos de idade. 
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações