1989 - O São Paulo campeão contra o São José na decisão

Com informações da FPF
Foto: GazetaPress

O 0 a 0 contra o São José deu o título ao São Paulo

Em 1º de julho de 1989, o São Paulo conquistava o seu 15º título do Campeonato Paulista. Apesar de ter encarado na decisão o surpreendente São José, o Tricolor não teve facilidade, já que o jogo no Morumbi terminou 0 a 0, depois de ter vencido a primeira partida pelo placar mínimo.

Com novo número de times na disputa pelo título depois de tantos anos, o Campeonato Paulista de 1989 sofria as consequências da bagunça do ano anterior (envolvendo Bandeirante de Birigui e Ponte Preta) e teve de se adaptar, alterando assim, mais uma vez, a fórmula da competição. Além disso, experiências foram feitas na pontuação, dando peso diferente às vitórias, privilegiando ao máximo os gols marcados. Na decisão, novo embate entre capital e interior, com mais um título paulistano.

Com 22 times divididos em dois grupos de 11, as equipes se enfrentariam primeiro fora do grupo e, na sequência, dentro. Doze estariam classificados à próxima fase – 4 do Grupo I e 8 do Grupo II -, onde seriam divididos em quatro grupos com três equipes. As primeiras colocadas se enfrentariam em semifinais.

Procurando maximizar o valor dos gols, os pontos conquistados por vitórias ou empates estariam atrelados ao número de gols marcados. Vitória com marcação de três ou mais gols, independente da diferença de saldo, valeria três pontos; vitória com um ou dois gols valeria dois pontos; empate com gols renderia um ponto para cada; e no empate sem gols, haveria disputa por pênaltis rendendo um ponto ao vencedor e nada ao derrotado. Essa pontuação diferenciada era válida somente para a primeira fase.

Essa última medida deu emoção a diversos jogos, uma vez que 39 partidas foram decididas desta maneira, muitas envolvendo grandes equipes e outras se estendendo, com 8 a 7, 6 a 5 e etc. Mais tarde campeão, o São Paulo disputou cinco vezes um ponto nas penalidades, perdendo três e vencendo duas. Em 11 de maio, por exemplo, o clássico entre Santos e Corinthians no Pacaembu foi decidido nos pênaltis e, apesar do fato histórico de Sócrates marcar um dos gols santistas nas penalidades, o Corinthians saiu vencedor por 5 a 4.

Quinto colocado no Grupo II da primeira fase, o São Paulo enfrentaria o Guarani e a Inter de Limeira na fase seguinte, se classificando com duas vitórias e dois empates. O São José, por sua vez, enfrentaria o União São João e a Portuguesa, com quem empatou em todos os critérios e garantiu a classificação por ter melhor campanha na fase anterior.

Para chegar à decisão, o time da capital enfrentou o Bragantino, enquanto o interiorano precisava superar o Corinthians, atual campeão. Com duas vitórias, o time do Morumbi superou o de Bragança Paulista, enquanto na outra semifinal houve mais emoção. Fazendo valer o favoritismo, o Corinthians venceu por 2 a 0 a primeira partida e encaminhava nova decisão diante do rival São Paulo.


Mas, no jogo da volta em São José dos Campos aconteceu a grande surpresa. Com gol de Tita logo aos três minutos, o São José levou a decisão para a prorrogação e nela, com gols de Toni aos 7 minutos do primeiro e 12 do segundo tempo, garantiu vaga na decisão.

Diante de outro gigante, porém, o São José sucumbiu, mas não sem lutar bastante. Derrotado no primeiro jogo por 1 a 0 com gol marcado contra aos 41 minutos do segundo tempo, o título são-paulino se concretizou com um empate sem gols. Ambos os jogos aconteceram no estádio do Morumbi.

Uma curiosidade: o Tricolor foi campeão sem vencer clássico na competição. o São Paulo empatou com o Palmeiras (1 a 1) e perdeu para o Corinthians (0 a 2) e para o Santos (1 a 2). Aproveitamento de 16,7% (vitória valia dois pontos).Com mais essa conquista, o São Paulo alcançava o Santos no número de títulos ao longo da história: 15. O líder ainda era o Corinthians com 20 taças conquistadas, seguido do Palmeias com 18.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Colabore

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações