quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

Argentina 12 x 0 Equador - Em 1942, a maior goleada da história da Copa América

Foto: arquivo AFA

O time argentino da maior goleada da história da Copa América

A Copa América é o torneio de Seleções mais antigo do mundo, começando em 1916. Até por isto, vários acontecimentos inusitados já ocorreram na história da competição. Em 22 de janeiro de 1942, na edição realizada no Uruguai, o time argentino daquela edição entrou para a história quando fez a maior goleada: 12 a 0 para cima do Equador.

Na edição de 1942, quando a competição se chamava Campeonato Sul-Americano de Seleções, sete seleções participaram da Copa América. Além do Uruguai, time da casa, estavam presentes Argentina, Equador, Brasil, Chile, Peru e Paraguai. Colômbia, Bolívia e Venezuela não mandaram equipes. O sistema era simples: pontos corridos em turno único, com todos os jogos sendo realizados no Estádio Centenário.

O Argentina e Equador foi marcado para a terceira rodada. A Albiceleste estreou na competição vencendo o Paraguai, por 4 a 3, e depois bateu o Brasil, por 2 a 1. Já o Equador folgou na rodada inaugural e em seu primeiro jogo acabou goleado pelo Uruguai pelo placar de 7 a 0.

A terceira rodada era a de folga do Uruguai. No dia anterior, o Brasil venceu o Peru, por 2 a 1, e já no dia 22, na preliminar, o Paraguai fez 2 a 0 no Chile. Em seguida, os times argentino e equatoriano entraram no gramado do Estádio Centenário para um jogo que ficaria para a história dos confrontos entre seleções.


Logo aos 2 minutos, Enrique Garcia fazia 1 a 0 para a Argentina. Depois, iniciaria o show de José Manoel Moreno Fernandez, "El Charro". Ele fez o segundo, 12', o terceiro, aos 16', e o quarto, aos 22'. Adolfo Pedernera, aos 25', marcaria o quinto e Moreno, novamente fecharia a conta do primeiro tempo, aos 32': 6 a 0 para a Argentina.

Na segunda etapa, o Equador continuou não "vendo a cor da bola" e a Argentina foi ampliando. O show mudou de "ator", já que Hermínio Masantonio marcou quatro vezes seguidas: aos 9', 20', 23' e 25', deixando o placar no 10 a 0. Ángel Perucca fez mais um, aos 43' e, no minuto seguinte, "El Charro" marcou mais um, dando números finais ao espetáculo: Argentina 12, Equador 0.

Aquele placar até hoje não foi superado em uma Copa América. O jogo tem os recordes de maior goleada e partida com o maior número de gols marcados da história da competição. Porém, a Argentina não ficaria com o título, já que o Uruguai venceu todos os jogos e levantou a taça. A Albiceleste empatou com o Chile, em 0 a 0, e perdeu para própria Celeste, na última rodada, por 1 a 0. Já o Equador deixou a competição sem ao menos marcar um ponto e só balançou as redes em quatro oportunidades.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações