sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Acompanhando uma avaliação do Santos FC com os garotos da ADAF

Por Victor de Andrade

Os garotos conversando com Lima e Balu, avaliadores do Santos FC

O sonho de qualquer criança e adolescente que joga futebol e ir para um clube grande, se tornar atleta profissional, virar ídolo da torcida, jogar na seleção e ir para a Europa. Por outro lado, em todo o Brasil, os "poderosos" do futebol nacional realizam avaliações, tentando achar grandes valores, que possam fortalecer suas categorias de base e, quem sabe, virar grandes promessas. Pois O Curioso do Futebol acompanhou uma avaliação feita pelo Santos FC em Cubatão, no dia 17 de outubro (quinta-feira) com garotos da Associação Desportiva de Avaliação e Formação (ADAF).

A "peneira" foi realizada no campo da Associação Desportiva Classista Unipar Carbocloro e centenas de alunos das escolinhas da ADAF foram avaliados, desde o sub-11 até o sub-17. O Santos Futebol Clube mandou dois avaliadores de peso: o ex-lateral-direito Balu, que teve grande fase no Cruzeiro, entre os anos 80 e 90, e chegou à Seleção Brasileira, e Lima, o Coringa da Vila, um dos maiores ídolos da história do Peixe, que ganhou tudo o que era possível com a camisa do Alvinegro Praiano. Já pela ADAF estavam o treinador Maykinho, o preparador físico Pedrinho e o idealizador do projeto, José Elan dos Santos, o Batoré, além de colaboradores.

A bola começou a rolar com o Sub-11. Balu e Lima sentados em uma cadeira na lateral, bem no meio-de-campo. Maikinho orientava os jogadores, enquanto Pedrinho apitava os jogos. Do lado de fora, os pais dos garotos, que ao contrário do que muitos imaginam, não ficavam "cornetando" as jogadas, ficavam acompanhando sem praticamente se manifestarem, o que fez que a avaliação ocorresse tranquilamente. Ao fim de cada categoria, os garotos eram reunidos em círculo e os dois avaliadores, com toda a experiência em futebol conversava com eles. E isto foi feito com os jogos em todas as categorias.

Quando algum jogador chamava a atenção, Balu e Lima conversavam entre si e, em seguida, Balu levantava da cadeira e ia mais próximo da posição onde o atleta atua, para observar mais de perto. Dava para perceber claramente que ambos estavam atentos ao que acontecia dentro de campo. Mas, na hora da troca das categorias no campo, os jovens jogadores e alguns pais pediam para tirar fotos com os dois grandes ex-jogadores, que atendiam à todos de forma tranquila.


Ao fim da avaliação, Balu deixou claro que mesmo quem não passasse que não era para abaixar a cabeça. "O jovem não pode desistir nas peneiras. Deve continuar tentando, pois um dia pode dar certo. Vários grandes atletas não passaram na primeira avaliação", explicou. Já Lima, com sua grande experiência, disse que "além de se tornarem grandes jogadores, as pessoas devem ter consciência para serem pessoas exemplares". Ao fim de tudo, sobrou a resenha, onde Lima e Balu ficaram contando suas histórias no futebol.

A ADAF é um projeto que tem escolinhas de futebol de campo, society e futsal. O idealizador Batoré, de tempos em tempos, tenta trazer avaliadores de clubes para observarem os atletas. Aliás, há jogadores do projeto em vários clubes, sendo alguns grandes, como Corinthians e Palmeiras. "A intenção é dar oportunidade para os garotos do projeto", diz Batoré. "Agradeço ao Santos FC, pela oportunidade de avaliar nossos atletas, ao Lima e Balu, que fizeram o trabalho aqui, e ao Pedro Dória, dirigente, que fez a ponte para ter esta avaliação", finalizou.
←  Anterior Proxima  → Inicio

Um comentário:

  1. Parabéns Victor Andrade belo trabalho tem certeza que logo logo estarem com atletas em um grande cenário do futebol

    ResponderExcluir

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações