quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Andrada - O grande goleiro argentino do Vasco da Gama

Fotos: arquivo Vasco da Gama

Andrade faleceu na quarta-feira, dia 4

Faleceu na noite da última quarta-feira, dia 4 de setembro de 2019, o ex-goleiro argentino Edgardo Andrada. Nascido em Rosário, na Argentina, em 2 de janeiro de 1939, ele foi ídolo em um dos times de sua cidade natal, o Rosário Central, e fez muita fama no Vasco da Gama, onde conquistou títulos e ficou conhecido também por ter tomado o milésimo gol de Pelé.

Andrada começou no Rosário Central, onde fez as categorias de base e subiu ao profissional quando fez 20 anos. O goleiro defendeu a equipe principal do clube por 10 anos e tornou-se titular absoluto da meta do time. Pelo Rosário Central, não conquistou títulos, mas se destacava como um grande goleiro e foi para a Seleção Argentina, onde fez 20 jogos entre 1961 e 1969.

Em 1969, saiu do Rosário Central e deixou de ser convocado para o selecionado de seu país, que não conseguiu vaga na Copa do Mundo do ano seguinte, e foi para o Vasco da Gama, onde também se tornou ídolo. A estreia do goleiro com a camisa cruzmaltina aconteceu em 11 de maio de 1969, contra o Flamengo. Porém, sua primeira famosa história na equipe foi tomando um gol.

Pelé e Andrada

Em 19 de novembro de 1969, o Vasco enfrentava o Santos, de Pelé, no Maracanã. O Rei do Futebol tinha marcado, pelas contas da época, 999 gols, quando teve um pênalti a favor do Peixe e o estádio inteiro. em sua maioria vascaínos, pedia para Pelé bater, mas Andrada não queria entrar para história como o goleiro que sofreu o milésimo gol dele e fez muita cera, mas não teve jeito, apesar de quase ter defendido a cobrança.

Embora não fosse muito alto, "El Gato", como era carinhosamente chamado, destacava-se pela agilidade e reposição de bola. Foi campeão carioca de 1970, recebeu a Bola de Prata da Revista Placar como o melhor goleiro do Campeonato Brasileiro de 1971, que naquele ano estava em sua primeira edição, e foi campeão nacional em 1974.

Na passagem pelo Vitória (foto: Revista Placar)

Após seis anos no Vasco, Andrada mudou-se para a Bahia para defender o Vitória. A sua passagem pelo rubro-negro baiano durou apenas um ano e, em 1977, o goleiro regressou ao seu país natal para defender o Colón onde ficou até 1982, quando encerrou a carreira.

Quando parou de jogar, atuou como funcionário da Secretaria de Inteligencia durante a Ditadura militar argentina. Chegou a ser acusado, em 2008, de participação no sequestro e morte de dois militantes peronistas em maio de 1983, mas por falta de provas não foi levado a julgamento.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações