terça-feira, 2 de julho de 2019

Atletas do Usac procuram o Sindicato de Atletas SP para rescisão indireta coletiva

Com informações da Sapesp
Foto: divulgação Sapesp

Jogadores do União Suzano junto com os dirigentes do Sindicato

Quatorze atletas profissionais do elenco União Suzano, que disputa o Campeonato Paulista da Segunda Divisão de 2019, estiveram na manhã desta terça-feira, dia 2, na sede do Sindicato de Atletas SP para solicitar apoio da entidade em relação as condições de trabalho pelas quais estão sendo submetidos.

Salários atrasados, alimentação inadequada e insuficiente para um trabalhador de futebol e falta de acomodações adequadas para o mínimo de descanso foram os problemas relatados, além do total descaso do “investidor” quanto a outras necessidades existentes.

O fato é inédito no futebol, já que os atletas costumam se manifestar somente quando os problemas contratuais seguem os péssimos resultados do campo de jogo, porém, nesse caso a situação é totalmente inversa. O time se classificou com algumas rodadas de antecedência terminando em segundo lugar no seu grupo, tendo liderado 12 das 13 rodadas. 

Os atletas relataram que o presidente do clube, ao tomar ciência da situação, disse que iria assumir o comando da gestão tirando-a da mão do pseudo investidor. Foi o fato de o presidente voltar atrás em sua palavra ratificando que o investidor seguiria à frente da gestão que fez com que os atletas optassem por não mais seguir no clube.

No Sindicato de Atletas SP, o presidente Rinaldo Martorelli garantiu aos atletas segurança quanto alimentação, alojamento e segurança. “O fato escancara um grave problema que vimos discutindo há algum tempo que mostra que a estrutura do futebol precisa mudar com urgência, continuar passando a mão na cabeça dos clubes descumpridores está levando o esporte para o buraco e a responsabilidade de mudar isso é das entidades que administram o futebol. É lamentável que só o Sindicato de Atletas SP trabalha por essa mudança que pode resgatar esse nosso patrimônio.” afirmou.

Situação - Na segunda-feira, o técnico da equipe, Luiz Carlos Cavalheiro, pediu demissão por não concordar com as atitudes tomadas pela R Mais, empresa que administra o futebol profissional do União Suzano. Com todas estas baixas, se o clube não resolver a situação, o time pode levar WO na estreia da segunda fase da competição, marcada para sexta-feira, dia 5, às 20 horas, contra o Tupã, fora de casa.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações