quarta-feira, 5 de junho de 2019

M&M's Cup - A primeira Copa do Mundo Feminina, em 1991

Por Victor de Andrade

Estados Unidos conquistaram a primeira Copa do Mundo Feminina, realizada na China
(foto: Tommy Cheng/Getty Images)

Começa nesta sexta-feira, dia 7, a edição de 2019 da Copa do Mundo Feminina, realizada na França, a oitava da história. Há 28 anos, em um cenário totalmente diferente para o futebol feminino, a China sediava o primeiro Mundial, entre os dia 16 e 30 de novembro de 1991. E o Brasil estava presente.

Vale lembrar que aconteceram edições experimentais, sendo que algumas não tiveram a chancela da Fifa. Somente em 1989 que a entidade que organiza a modalidade no mundo pensou em realizar um torneio de seleções entre as mulheres, muito por causa do apelo de Ellen Wille, representante do Comitê das Mulheres da Noruega, país que tinha, na época, uma das melhores seleções do planeta.

Com isto, a Fifa planejou a Copa do Mundo para 1991, escolhendo a China como sede. Por causa do patrocínio uma gigante empresa alimentícia norte-americana, que aproveitou para usar o nome de um de seus chocolates mais famosos, a competição ficou com o nome de M&Ms Cup. Isto causou um fato interessante: como muitas delegações não se adaptaram à comida chinesa, passaram a fazer uma dieta a base de chocolate, fornecidos pelo patrocinador.

A competição contou com a participação de 12 seleções. O Brasil estava no Grupo B, ao lado de Estados Unidos, Japão e Suécia. No Grupo A, a China tinha pela frente Nova Zelândia, Noruega e Dinamarca. Já no Grupo C estavam Alemanha, Itália, China Taipé e Nigéria. A Seleção Brasileira contava com nomes que ficariam conhecidos, como Elane, Fanta, Roseli, Pretinha e Marcia Taffarel.

A estreia do time canarinho foi no dia 17 de novembro, no New Plaza Stadium, em Foshan. O adversário era o Japão. Jogo era equilibrado e a imprensa especializada apontava como o confronto entre as duas equipes mais fracas da chave, o que mais à frente se confirmaria. Logo aos 4 minutos, Elane colocou o Brasil na frente e o placar persistiu. Assim, a Seleção estreava na Copa do Mundo com vitória, conquistando dois pontos (sim, os três pontos por triunfo foram adotados a partir de 1994.

Porém, a alegria parou na estreia. O Brasil ainda teria que enfrentar os dois times mais fortes do grupo e o adversário do dia 19 de novembro foram os Estados Unidos, no Ying Dong Stadium, em Janyu. As norte-americanas não deram chance para o azar e golearam o Brasil por 5 a 0. Heirichs, duas vezes, Jennings, Akers-Stahl e Hamm fizeram os gols.

Mesmo com a goleada, o Brasil ainda tinha chance de chegar às quartas-de-final, com uma vitória ou até mesmo um empate contra a Suécia, já que dois dos três terceiros colocados nos grupos da primeira fase avançariam. Porém, no dia 21 de novembro, novamente no Ying Dong Stadium, em Janyu, o time canarinho foi envolvido e derrotado por 2 a 0. Sundhage, de pênalti, e Hedberg marcaram para as suecas.

o Brasil terminou em terceiro do Grupo B, com dois pontos e ficou de fora das quartas, já que a Dinamarca, terceira do Grupo A, fez três pontos, e a China Taipé, terceira do Grupo C, fez os mesmos dois pontos, o mesmo saldo de gols (-6), mas tinha feito dois gols contra um do time verde e amarelo.

Aquele primeiro mundial foi conquistado pelos Estados Unidos, que venceram a Noruega na final por 2 a 1. Já para o Brasil ficou o gostinho de que poderia ir um pouco além, mas a marca de pioneira das jogadoras daquele time ficou para sempre, já que a Seleção Brasileira é uma das poucas que até hoje participaram de todas as Copas do Mundo.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações