domingo, 9 de junho de 2019

Com três gols de Cristiane, Brasil goleia na estreia da Copa do Mundo de Futebol Feminino

Por Diely Espindola
Fotos: Getty Images/Fifa.com

Jogadoras comemorando com Cristiane, autora dos três gols

A Seleção Brasileira fez sua partida de estreia na Copa do Mundo de Futebol Feminino neste domingo, dia 9, contra a Jamaica, no Stade des Alpes, em Grenoble, na França. Vencendo por 3 a 0, os três de Cristiane, o Brasil supera o pessimismo diante das derrotas nos amistosos, e assume a liderança do Grupo C na competição.

Já nos primeiros minutos de partida, as meninas do Brasil mostraram a que vieram. Sem sair do campo ofensivo, aos 2 minutos aparece a primeira chance da equipe brasileira. Thaisa bate forte para o gol após o Brasil levar a melhor na disputa pelo alto, mas a zaga Jamaicana desvia e manda a bola para escanteio.

Aos 7 minutos, outra boa chance perdida pela nossa seleção. Debinha dribla a goleira Schneider, mas esta consegue espalmar a bola e fazer Debinha perder a efetividade do chute na segunda tentativa.
Aos 13 minutos a Jamaica reage e assusta a goleira Bárbara. Num chute rasteiro após despistar a zaga brasileira, Shaw pela esquerda faz Bárbara cair e fazer a boa defesa.

Aos 15 minutos, a primeira de várias belas interações entre Andressa Alves e Cristiane. Num cruzamento certeiro de Andressa, Cristiane sobe mais que todo mundo e acerta uma forte cabeçada no canto do gol de Schneider, sem chances para a goleira jamaicana. O Brasil abre o placar na partida.

Apesar do domínio ofensivo da seleção brasileira na partida, a Jamaica mais uma vez tenta levar perigo à meta de Bárbara. Pela direita Matthews cruza na linha de fundo e encontra o pé de Blackwood de primeira, mas manda pra fora.

Aos 24 minutos, outra belíssima defesa da goleira Schneider, que deu trabalho à equipe brasileira. Debinha bate forte após receber de Andressa Alves, mas a goleira jamaicana sai bem e leva a melhor, evitando o segundo gol brasileiro.

A goleira Bárbara no entanto, não fica para trás. Das belas defesas do primeiro tempo, destaque para a defesa em dois tempos, primeiro pegando um cruzamento de Carter, mas deixando a bola escapar de suas mãos. Shaw tenta o rebote, mas Bárbara pega pela segunda fez, fechando o gol brasileiro.

Ao final de um primeiro tempo de diversos gols perdidos para ambas as equipes, um pênalti em Letícia faz a torcida tupiniquim vibrar. No entanto, Andressa Alves bate mal e Schneider defende sem dificuldades.

No segundo tempo, já aos 3 minutos a seleção mostra vir com mais sede de gols. Numa bonita tabela com Andressa Alves, Cristiane domina, gira e bate para o gol, mas manda a bola por cima da meta. Mas um minuto depois a artilheira não perderia a chance de ampliar o placar. Em mais uma bola recebida de Andressa Alves, Cristiane marca o segundo gol da partida.

A grande artilheira da partida

Na segunda etapa, a Jamaica é só gols perdidos. Mesmo levando perigo, a equipe não consegue converter e segue em desvantagem na partida.

A seleção brasileira, por outro lado, aos 18 minutos aproveita mais uma chance e marca o terceiro gol da partida, outro da artilheira Cristiane. Em mais uma bomba no canto do gol de Schneider, Cristiane amplia o saldo de gols da seleção e garante a liderança do Grupo C.

Andressa Alves, apesar do pênalti perdido, é peça importante em campo nesta partida. Participando de gols e diversas boas chances da seleção brasileira, a meia é um dos destaques indiscutíveis em campo. 

Apesar dos consideráveis gols perdidos, a seleção mostra que pode ser uma das favoritas ao título. O próximo desafio da equipe é na próxima quinta, dia 13, às 13 horas (horário de Brasília) contra a Austrália, no Stade de la Mosson, em Montpellier.

                 ---------------------------//-------------------------------//-------------------------------

Nota da repórter:

Eu queria falar uma coisa do fundo do meu coração.

Desde que me entendo por gente eu respiro futebol. Eu enfrentei tanta coisa pra viver esse amor, que só mulheres sabem do que tô falando. Toda a minha infância e adolescência eu passei abrindo caminhos que nenhuma mulher que eu conhecia tinha passado. Claro, éramos muitas. Eu não fui pioneira. Mas há 20 anos, no meu círculo social, na minha bolha, eu era a única.

Estou com lágrimas nos olhos de ver pela primeira vez, na maior emissora do Brasil, uma Copa do Mundo de Futebol FEMININO. Estou chorando de amor e alegria por ver que hoje, a maioria das mulheres que conheço, estão nessa comigo.

Hoje eu vivo e trabalho com o que sempre sonhei, eu tenho conquistado lugares que nunca imaginei que conseguiria tão cedo, e eu estou emocionada demais por ver onde a gente está chegando.

O futebol não mudou a minha vida, ele sempre foi a minha vida. Eu não consigo expressar o quanto está sendo lindo ver mulheres em campo, nas tribunas de imprensa, nos comentários, na arbitragem, na narração, nas arquibancadas.

Mulheres, O MUNDO É NOSSO. E VAMOS LONGE!!!!!
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações