sexta-feira, 3 de maio de 2019

Neymar agiu errado! Mas isto é motivo para acabar com sua carreira?

Por Lula Terras
Foto: divulgação PSG

Atitude de Neymar foi errada, mas não é motivo de acabar com a carreira

Neymar está volta ao topo da mídia esportiva internacional, só que, infelizmente não pela qualidade de seu futebol que, não tem como contestar. Sua reação às ofensas e a tentativa de um torcedor do seu time, PSG, de pegar em seu braço fez com que o atleta o agredisse com um tapa no rosto. A reação do atleta é condenável, assim como a do torcedor que faltou com uma das condições essenciais, para a convivência entre as pessoas, o respeito. 

Lamentável também é a insistência com que setores da imprensa esportiva, e torcedores, pelas redes sociais, continuam jogar pesado com o atletas com termos pesados, alguns até injustos, comparando o atleta como um monstro, termo que foi utilizado pelo treinador Renê Simões, ainda no início da carreira de Neymar então, atleta do Santos. 

Digo isso com tranquilidade de saber de outros entreveros entre jogadores e torcedores, em várias partes do mundo. Alguns bem famosos, como o ocorrido em 2003, no treinamento do Fluminense, no Rio de Janeiro. O atacante Romário, então atleta do clube, junto com seu fisioterapeuta particular agrediu ferozmente um torcedor que estava nas arquibancadas, acompanhando os treinamentos. O Baixinho, como é mais conhecido no futebol protagonizou outro ato de violência, que também ficou conhecido na época, quando agrediu com um soco no rosto, o argentino Diego Simeone. O fato aconteceu em 1994, durante o Campeonato Espanhol, quando Romário defendia o Barcelona e Simeone, era jogador do Sevilla. 

Embora tenham sido mais ferozes do que a reação de Neymar, a repercussão foi bem menor, por se tratar de Romário, que sempre teve prestígio diante da mídia esportiva, principalmente a carioca, onde não são poucos os jornalistas que fazem questão de mostrar uma proximidade com o ex-atleta, diferente de hoje, em que as questões pessoais ganham mais espaço na mídia do que a qualidade do futebol em campo. 

Torcedor do Santos, eu tenho entre meus ídolos no futebol muitos atletas que formaram no clube, e garanto que Neymar não está entre eles, mas, é inegável que hoje, ele é o maior jogador brasileiro, em atividade. Daí que vejo a necessidade de uma mudança nas avaliações e reações das pessoas em relação ao atleta, que precisa muito mais de apoio que, críticas destrutivas, como temos visto ações que levam cada vez mais o futebol brasileiro ao fundo do poço, o que é preocupante para quem gosta do futebol.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações