domingo, 21 de abril de 2019

O Ramalhão voltou! Santo André perde, mas está de volta à Série A1

Com informações da FPF

Mesmo com a derrota, o Santo André garantiu o acesso (foto: Rodrigo Corsi/FPF)

Um ano depois de ser rebaixado, o Santo André está de volta à elite do futebol paulista. O acesso foi garantido mesmo com a derrota por 3 a 2 para o Água Santa, nesta manhã (21), no Estádio Distrital de Inamar, na cidade de Diadema pela semifinal do Paulistão A2 Sicredi.

No primeiro jogo, o Santo André, que havia eliminado o Rio Claro, havia aberto boa vantagem ao vencer o Água Santa no Bruno José Daniel por 2 a 0. O Netuno ainda espera a definição sobre a situação do Red Bull e do Bragantino para saber se subirá com a terceira vaga que abriria nessa situação.

O jogo começou movimentado, com o Água Santa pressionando em busca do primeiro gol, mas foi o Santo André quem assustou primeiro e por pouco não abriu o placar. Aos 19 minutos, Cristian roubou a bola da defesa e bateu firme para o gol. O goleiro Rafael espalmou e a bola ainda explodiu no travessão.

Aos 30 minutos, a resposta do Água Santa foi fatal. Celsinho cobrou falta da esquerda e o zagueiro Lombardi desviou de cabeça para o fundo do gol, abrindo o placar. Mas a reação do visitante foi rápida. Em rápida troca de passe a bola sobrou para o chute de longe de Rafael Toledo. Ele soltou a bomba no ângulo, sem chances de defesa e igualou aos 36 minutos.

Depois do empate, o Água Santa tomou uma ducha de água fria. Não esperava uma reação tão rápida. O time ficou nervoso e começou a errar passes por precipitação.

Na volta do segundo tempo, os dois times mudaram. Márcio Ribeiro tirou o volante Serginho e colocou o atacante Erick, mostrando que iria para o tudo ou nada. De outro lado, Fernando Marchiori tirou Jobinho para se reforçar com Carlos Alberto, que prende mais a bola.

O jogo ficou aberto, com chance para os dois lados, mas foi o time visitante quem se deu melhor. Após falta cobrada na área, Héliton tocou de cabeça e achou Anselmo sozinho. O centroavante bateu sem chances para o goleiro e ampliou ainda mais a vantagem do Santo André aos oito minutos.

O Água Santa, porém, reagiu rápido e aos 10 minutos Bocão cruzou pelo alto e Celsinho apareceu entre os zagueiros para desviar de cabeça, empatando de novo. 

Precisando ainda marcar dois gols, o Água Santa apostou em Dadá, que voltou de lesão e entrou no lugar de Alvinho, e viu o zagueiro Luizão virar centroavante após ficar com câimbra. O jogo ganhou emoção nos últimos minutos. Aos 44 minutos, houve um pênalti para o Água Santa quando a bola tocou na mão do zagueiro Icaro. Na cobrança, Dadá confirmou a virada por 3 a 2, aos 45 minutos.

Com sete minutos de acréscimos, os últimos instantes foram de pressão do time de Diadema, mas o quarto gol, que levaria a decisão para os pênaltis não veio e o Santo André confirmou o acesso.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações