quinta-feira, 25 de abril de 2019

Luto no Coxa! Falece Dirceu Krüger, a Flecha Loira

Dirceu Krüger foi um dos maiores ídolos da história do Coritiba

A manhã desta quinta-feira, dia 25, ficou menos verde e branca. Faleceu o ex-meio-campista Dirceu Krüger, o Flecha Loira, ídolo da torcida do Coxa Branca. Ele veio a óbito em virtude de complicações após uma cirurgia de obstrução intestinal, onde houvera recebido alta no dia anterior a sua morte, mas que durante a noite, houve novas complicações.

Nascido em 11 de abril de 1945, na cidade de Curitiba, Barreirinha, bairro curitibano de forte presença polonesa. Foi ali onde começou a praticar o futebol, no Combate Barreirinha, tradicional clube amador da cidade. Logo após, foi jogar no também clube amador União Ahú. Iniciou sua carreira profissional em 1963, aos 17 anos, no extinto Britânia Sport Club, no qual atuou até 1966, quando foi comprado pelo Coritiba Foot Ball Club.

No dia 27 de fevereiro de 1966, diante do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, fez a primeira, de 252 partidas, pela equipe alvi-verde e logo em sua estreia marcou seu primeiro gol com a camisa coxa-branca, empatando a partida no derradeiro minuto. O meio-campista logo se destacou pela velocidade e pelas assistências aos companheiros. Por este clube jogou até encerrar sua carreira em 1976, tendo anotado 58 gols.

O momento mais dramático de sua vida ocorreu no dia 11 de abril de 1970, dia em que completou 25 anos de idade. Durante uma partida contra o Esporte Clube Água Verde, o goleiro Leopoldo, da equipe adversária, chocou-se acidentalmente com o atleta do Coritiba. Em decorrência do acidente, ficou internado durante 70 dias, tendo inclusive recebido a extrema-unção.

Depois de se aposentar, exerceu diversas funções no clube em que se destacou, chegando inclusive a comandar a equipe principal em 185 ocasiões, sendo a primeira vez, em 1979. Como técnico, esta entre os profissionais que mais comandaram o clube em toda a sua história e como homenagem por tantos anos de serviços prestados, a equipe do Alto da Glória batizou o alojamento das categorias de base com seu nome.

Sua importância no futebol paranaense é tão grande que nomeou um dos troféus do Campeonato Paranaense. No Coxa, conquistou os estaduais nos anos de 1968, 1969, 1971, 1972, 1973, 1974 e 1975, além do Torneio do Povo de 1973.

O corpo de Krüger será velado no Couto Pereira, das 18h às 22h30, para que os torcedores possam se despedir de seu ídolo e prestar uma última homenagem. Entrada pelo portão 21, que fica em frente a Central de Sócios.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações