sábado, 20 de abril de 2019

Com empate no fim e vitória nos pênaltis, Inter de Limeira conquista o acesso

Foto: Rodrigo Corsi/FPF

O XV de Piracicaba está conquistando o acesso, mas a Inter empatou e venceu nas penalidades

A Inter de Limeira estará na elite paulista em 2020. Com o estádio Barão de Serra Negra lotado, o time arrancou um empate heróico, por 2 a 2, com o XV na noite deste sábado (20) e confirmou o acesso ao vencer nos pênaltis por. No jogo de ida, os times haviam empatado por 0 a 0.

O primeiro tempo teve um bom ritmo e logo aos nove, Macena fez jogada pela direita e cruzou. Ronaldo errou o domínio, mas a bola ainda ficou com Walfrido, que finalizou por cima. Aos 12, o time da casa abriu o placar. Em falta de distância média, Gilberto Alemão bateu por baixo da barreira, que pulou e complicou o goleiro Rafael Pin.

A Inter, precisando do empate, se soltou mais e ameaçou aos 20 minutos, em cobrança de falta de Oliveira, e aos 23, em chute de Elvis. Luiz Fernando salvou as duas. A pressão do time limeirense deu certo e aos 31 o empate veio. Após jogada ensaiada, a bola foi tocada três vezes de cabeça pelo ataque. A última delas por Jean Pablo.

A felicidade do time visitante, porém, durou pouco. No minuto seguinte, após jogada pela direita, a bola cruzou a área e encontrou Kadu Barone, que recolocou o XV em vantagem. O time piracicabano quase ampliou aos 38, em cabeceio de Ronaldo que parou na trave.

Na volta do intervalo, o time da casa voltou disposto a matar o jogo. Antes dos 15 minutos, o XV criou três boas chances. Na melhor delas, Kadu Barone chutou de fora da área, a bola desviou na zaga e quase engana o goleiro Rafael Pin. A Inter de Limeira só foi assustar aos 21, quando Chumbinho arriscou de fora e Luiz Fernando caiu para fazer boa defesa.

Com o jogo bastante truncado, o XV de Piracicaba teve a melhor chance aos 35 minutos. Bruninho tirou a marcação e tocou por cima do goleiro. Jean Pablo, porém, se recuperou e salvou o gol em cima da linha. Na jogada seguinte, a Inter de Limeira tentou o empate em cobrança de falta de Chumbinho, mais uma vez defendida pelo goleiro.

Mesmo com as substituições, a Inter de Limeira não conseguia ameaçar o time da casa. A torcida do XV já fazia a festa, quando em um bate-rebate na área, Elvis ficou com a bola e chutou rasteiro. Luiz Fernando se esticou, mas não conseguiu evitar o empate, que levou a decisão para os pênaltis.

Os times acertaram as duas primeiras cobranças. Na terceira série, Rafael Pin foi no canto direito baixo e defendeu. Luis Fernando repetiu e defendeu a de Tcharlles, mantendo o empate. Na última cobrança do XV, Cássio Gabriel chutou no travessão. França, ex-Palmeiras, foi o encarregado da última cobrança e chutou para fora. Nas alternadas, Fraga parou em Rafael Pin. Oliveira fez para a Inter de Limeira e recolocou o time na elite após 14 anos.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações