terça-feira, 9 de abril de 2019

CBF apresenta novas camisas e logomarca


A CBF lançou hoje (9) a sua nova logomarca durante cerimônia de posse do presidente Rogério Caboclo. Ela é fruto de uma ampla reestruturação de branding, cujo objetivo é aprimorar a percepção da marca, torná-la mais eficaz no mundo digital e ampliar o conhecimento público sobre todo o trabalho realizado pela CBF, que vai muito além das Seleções Brasileiras. Também lançou as camisas que serão utilizadas na Copa América.

A partir dessas diretrizes, a marca foi reformulada, tendo como ponto de partida uma pesquisa das origens e significados do escudo. As cores, como principal elemento de reconhecimento, foram valorizadas e, agora, estão mais luminosas e com maior contraste, em especial o Amarelo Canarinho, nosso tom único.

Facilmente reconhecida no mundo do futebol, a forma singular do escudo foi preservada, assim como a cruz no seu centro, respeitando e valorizando a história da marca da CBF. As faixas ganharam movimento e se expandem, expressando a ginga, superação e a personalidade que temos dentro de campo. Seguindo a premissa de reforçar a brasilidade, a tipografia adotada no escudo é composta por uma fonte desenvolvida por designers brasileiros da Dalton Maag. Os grafismos são inspirados na obra do artista brasileiro Athos Bulcão, a partir de fragmentos do formato do escudo, que sugerem festa, energia e comemoração.

A marca conta ainda com uma tagline que sintetiza o que é o futebol no Brasil: JOGA BOLA. “Ela expressa o jogar futebol com o nosso jeito convidativo e inclusivo, do campo de várzea aos jogos da Copa do Mundo em grandes estádios. É o amor pelo jogo, pela bola. É ainda a expressão que o brasileiro usa quando identifica o craque, o bom jogador, ou seja, o que joga bola”, explica Ana Couto, CEO da agência de Branding.

Camisas - durante cerimônia de posse do novo presidente da CBF, Rogério Caboclo, foram apresentados os novos primeiro e terceiro uniformes da Seleção Brasileira para a disputa da Copa América Brasil 2019. O lançamento contou com a presença do craque Vinicius Júnior, que subiu ao palco vestido com a camisa branca, uma homenagem aos 100 anos da primeira conquista da Copa América. As coleções já estão à venda no site www.nike.com.br e na loja física da Seleção Brasileira na sede da CBF. Na próxima sexta, chegam às unidades Nike e Centauro. E no dia 15, poderão ser encontradas em todo o mercado.

Durante a cerimônia, Caboclo anunciou também que a Seleção vestirá o terceiro uniforme na estreia da Conmebol Copa América Brasil 2019, dia 14 de junho, contra a Bolívia, no Morumbi, São Paulo (SP). De acordo com o presidente da CBF, será uma ocasião especial, em que serão celebrados os campeões de 1919, que conquistaram o primeiro grande título do país que se transformaria no mais vitorioso da história do futebol.

Em 1919, a Seleção era conhecida como O TEAM BRASILEIRO. Brilhou com seu uniforme, predominantemente branco, e apresentou ao mundo aquele que viria a ser conhecido como o País do Futebol. Inspirada no modelo utilizado naquela conquista, a camisa comemorativa apresenta uma gola polo clássica na cor azul e os mesmos atributos do uniforme principal na mais alta tecnologia Vaporknit. Os detalhes nas mangas, números nas costas e no centro do peito são registrados também em azul.

A camisa amarela também mudou. Faz referência à Seleção de 89, época em que o Brasil sediou o torneio pela quarta vez e manteve o status de ser campeão todas as vezes que disputou a competição em território nacional. A gola em V dá lugar ao clássico design em gola polo verde e as mangas da camisa ganham detalhes da mesma cor, remetendo ao desenho usado naquele período.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações