sábado, 30 de março de 2019

Santo André vence a Lusa em casa e se classifica na Série A2

Por Lucas Paes
Foto: Ronaldo Barreto/Portuguesa de Desportos

A vitória do Santo André acabou classificando o Ramalhão para a fase final 

O Santo André está classificado para as quartas de final do Paulistão da Série A-2 de 2019. O Ramalhão derrotou a Portuguesa por 2 a 0, jogando no Estádio Bruno José Daniel, em Santo André em duelo válido pela última rodada da primeira fase da competição e garantiu a vaga para as quartas de final da competição. Agora os andreenses aguardam a definição do horário dos duelos contra o Rio Claro, nas quartas de final. 

O jogo era um confronto direto pela vaga. O Santo André vinha de ótima vitória diante do Juventus, em plena Rua Javari, por 1 a 0. A Lusa havia vencido um confronto diretaço com a Votuporanguense no Canindé, por 2 a 1. Para garantir a vaga, ambas as equipes buscavam a vitória, que garantia a classificação para a fase final. Mas, para o Ramalhão, um empate poderia servir, caso o Votuporanguense não vencesse a Briosa, o que inclusive acabou ocorrendo, já que a Portuguesa Santista venceu fora de casa. 

A primeira chegada do jogo foi do Ramalhão, num cruzamento perigoso de Guilherme Garré, logo no primeiro minuto. A Lusa, cujo a torcida havia invadido o Bruno José Daniel, só criou chance boa aos 7 minutos, mas chegou muito perto. Fernandinho bateu escanteio, Cavalo cabeceou bem e Matheus fez ótima defesa para evitar o gol lusitano. O começo de jogo era bem movimentado, com o Santo André tendo mais a bola, mas não conseguindo oferecer efetivamente perigo. 

Aos 14', Dida afastou de soco uma bola perigosa no escanteio de Cristian. Pouco depois foi a vez da Lusa, em lançamento que Fernandinho recebeu e tentou por cobertura, a bola passou com muito perigo. Aos 17', no lance mais agudo do duelo até ali, Raphael Toledo lançou Maykinho, que invadiu a área e tocou de cavadinha, a bola tocou na trave e saiu. Aos 20', bola na área do Ramalhão e a zaga evitou que Lucas Bahia marcasse para os rubro-verdes. Depois disso, o jogo continuou movimentado, porém sem muitas chances de gol. 

A partir dos 30', o time da casa foi tendo certo domínio e criando chances, parando sempre em Dida ou nos próprios erros. O panorama mudou aos 37', quando Maykinho recebeu na área, foi desarmado, mas a bola, vadia que é, bateu em Lucas Bahia e voltou para Maykinho, que mandou para as redes e explodiu a torcida andreense. Aos 41', a Lusa chegou e Fernandinho tinha boa chance em cobrança de falta, mas a batida foi horrível e para longe do gol. O futebol é um esporte imensamente maldoso e no lance seguinte, Maykinho chegou em velocidade pela ponta e bateu, Dida deu rebote, a zaga afastou mal e Cristian marcou o segundo do Santo André. A etapa inicial terminou com o Ramalhão classificado.

A etapa final começou com o Ramalhão mais presente no ataque, porém sem oferecer perigo efetivamente ao gol lusitano. A primeira chance aconteceu aos 6 minutos, com Maykinho vindo em velocidade e passando para Victor Sapo, que chutou com perigo para fora da entrada da área. Pouco depois, em rápido contra-ataque, Jonathas salvou a Lusa em lance onde Garré ficaria de frente para o crime, após passe de Cristian. A Lusa finalmente chegou aos 11', quando Fernandinho chutou de longe, mas o goleiro Matheus defendeu com tranquilidade. Logo depois, Fernandinho fez boa jogada, cortou um defensor, mas acabou travado quando faria o primeiro da Lusa.

A melhor chance da Portuguesa veio aos 13', quando Bruno Ribeiro fez linda jogada e cruzou para Fernandinho, que estava praticamente embaixo do gol, mas conseguiu tocar por cima da meta, perdendo um gol inacreditável. Logo depois, o Ramalhão chegou com Raphael Toledo, que chutou de longe para fora. Aos 18', foi a vez dos andreenses perderem chance absurda, Raphael Toledo bateu escanteio, Helinton debaixo do gol cabeceou para fora. Aos 20', foi a vez de Thiago tentar pela Lusa, porém o chute foi ruim. 

Aos 23', a Lusa teve falta perigosa a seu favor, mas a cobrança de Fernandinho não passou nem pela barreira. O desespero ficava aparente aos 26', quando Garutti chutou de longe e mandou a bola para muito longe do gol. Pouco depois, foi Gerley quem tentou de longe, mas outra vez a bola foi para fora. Aos 29', o Ramalhão contra atacou, mas Victor Sapo não conseguiu acertar o passe para Guilherme Garré, sendo interceptado por Lucas Bahia. 

O jogo aos poucos foi ficando mais controlado pelo Santo André, enquanto o time lusitano parecia sentir a dificuldade da situação. Aos 41', Bruno Ribeiro fez boa jogada na entrada da área, mas bateu mal e ela passou por cima do gol. Quem chegou e quase marcou o terceiro depois foi o Santo André, em contra-ataque puxado por Jonathan, que invadiu a área e bateu mal. No fim das contas, sem conseguir reagir, a Portuguesa acabou vendo a classificação do Santo André. 

Agora o Ramalhão pegará nas quartas de final o Rio Claro, que terminou na terceira colocação da competição. O primeiro jogo será em Santo André, já que a equipe do interior fez melhor campanha ficando na terceira colocação. Quem avançar, pegará na semifinal o vencedor do duelo entre Inter de Limeira e Portuguesa Santista. 
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações