sábado, 2 de março de 2019

Nacional vence de virada o Santo André e se aproxima do G8 da A2

Com informações do Futebol Interior
Fotos: Ale Vianna/ Divulgação Nacional A.C

O Nacional venceu de virada e se aproximou do G8

O Nacional voltou a vencer na Série A-2 do Campeonato Paulista. Mesmo saindo atrás do placar, o Naça conseguiu buscar a virada jogando no Nicolau Alayon e bateu o Santo André por 2 a 1, com gols de Ortigoza e Everton Dias na reta final do segundo tempo. Ainda assim o grande personagem do jogo foi Léo Rocha, que saiu do banco de reservas para mudar a história do jogo nesta 10ª rodada do estadual.

Mesmo com uma invencibilidade de oito jogos, o Nacional amargava seis empates e apenas uma vitória e por isso estava distante da zona de classificação. Com o resultado deste sábado o time chegou a 12 pontos e encostou no G8, voltando a sonha com a classificação. Jáo Santo André segue com 12 pontos e pode perder a oitava posição para o Taubaté, que joga no domingo e tem 11.

Aos 25 minutos, Maikinho recebeu um cruzamento despretensioso pela esquerda e tomou à frente, mas antes de conseguir dominar a bola foi atropelado pelo lateral Léo Cunha e o árbitro Daniel Bernardes Serrano assinalou o pênalti. Na cobrança, o zagueiro Ícaro nem pegou tão bem na bola, mas o suficiente para deslocar o goleiro Maurício e mandar no cantinho, abrindo o placar para o Ramalhão no estádio Nicolau Alayon. Jogador mais incisivo do Santo André, Maikinho dava muito trabalho para a defesa do Nacional. Com velocidade, o jogador aparecia sempre nas costas de Léo Cunha. Do lado do Nacional faltava arriscar um pouco mais. O time trocava muitos passes na intermediária, buscava uma jogada trabalhada pelas pontas, mas levou pouquíssimo perigo ao goleiro Thomazella.

O Santo André saiu na frente no duelo

Sem conseguir entra na defesa do Santo André, o técnico Fernando Marchiori mudou a estratégia para dar mais chances ao time da casa. Caio deu lugar a Felipe Pernambuco, com a intenção de aumentar a artilharia aérea, já que o jogador é sempre usado como uma arma nos cruzamentos. A ideia deu resultado aos 30 minutos do segundo tempo. Léo Rocha fez uma lindíssima cobrança de falta pela esquerda, de três dedos, com muita força para o meio de grande área. Ortigoza, que também saiu do banco de reservas, meteu a cabeça na trajetória da bola antes do goleiro Thomazella. Ela subiu demais e caiu dentro da meta, decretando o empate. Já na reta final, aos 38', em cobrança de escanteio pela direita, Michael Tuíque subiu mais do que a marcação e testou com força no ângulo, mas o goleiro Thomazella fez uma lindíssima defesa. No rebote, Everton Dias completou no contrapé e decretou a vitória do Naça

No próximo sábado, às 15 horas, o Santo André recebe a Inter de Limeira no estádio Bruno José Daniel, em Santo André. Já o Nacional pega a Portuguesa no Canindé, às 19 horas do domingo. O resultado foi um trunfo do Nacional na luta pela classificação para a fase final da Série A-2.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações