domingo, 24 de fevereiro de 2019

O Novorizontino campeão da Série C em 1994

Por Lucas Paes

Equipe que conquistou a Série C em 1994

Hoje, o Grêmio Novorizontino que existe em Novo Horizonte se inspira no time de sucesso que a cidade teve durante boa parte dos anos 1990. Finalista do Paulistão de 1990, quando perdeu o troféu para o Bragantino, o antigo Novorizontino conquistou um título em sua história: a Série C do Campeonato Brasileiro de 1994. Mesmo contando com o atual Grêmio Novorizontino, a conquista é a maior da cidade em termos futebolísticos.

O Tigre do Vale naqueles tempos fazia fortes campanhas no estadual, sempre indo para "as cabeças", chegando em fases agudas e causando problemas para os times grandes. Em 1994, eles estavam no Grupo 9 do Brasileirão da Série C, ao lado do Atlético Sorocaba, do Passense e do Matsubara. A estreia foi espetacular, batendo o Passense fora de casa por 2 a 1. O grande resultado da primeira fase foi uma goleada por 5 a 0 para cima do Atlético Sorocaba no Jorge Ismael de Biasi. Além disso, um jogaço diante do Matsubara, em Londrina, vencido pelo Tigre por 5 a 4. Com 5 vitórias e um empate, o time do interior paulista avançou na primeira posição.

A partir daí, chegamos ao mata-mata da competição. Primeiro, o Novorizontino eliminou o União Bandeirante, com um empate por 0 a 0 fora de casa e uma vitória por 3 a 2 no Jorjão. Depois, a vitima foi o Taquaritinga, de Brasília, que acabou batido por 3 a 1 no primeiro jogo. No segundo, o Novorizontino segurou o empate por 1 a 1 para passar para as quartas de final. O adversário seria o também paulista Ituano, outro dos times fortes que o interior de SP tinha nos anos 1990.

No primeiro duelo, inclusive, o Galo de Itu venceu por 1 a 0. Na volta, coube ao Novorizontino reverter o placar e vencer bem, por 3 a 0, para deixar qualquer dúvida de lado. A semifinal seria diante do Uberlândia, que decidiria o acesso para a Série B. Diante do Uberlândia, vitória por 2 a 0 em Novo Horizonte e um empate por 1 a 1 em Minas garantiram o acesso para o Tigre, que pegaria na final a Ferroviária, de Araraquara.

Na primeira decisão, vitória do Tigre, fora de casa, por 1 a 0. A decisão, com vantagem, seria no Jorge Ismael de Biasi. Jogando em casa, diante de sua torcida, o Novorizontino não decepcionou e aplicou sonoros 5 a 0 na Ferroviária, garantindo o título da Série C de 1994. Entre os destaques daquela equipe estavam Alessandro Cambalhota, que depois teria boa passagem pelo Santos e Luiz Carlos Goiano, que seria campeão pelo Grêmio. Além deles, Helder Campos, hoje treinador de base da Briosa, também estava naquele time.

O Novorizontino não conseguiu evitar a crise, mesmo com o título nacional. O Tigre acabou licenciado cinco anos depois, em 1999 e a cidade de Novo Horizonte ficou orfã de um time de futebol até a criação do Grêmio Novorizontino, em 2010. Porém, esta conquista segue sendo a maior da história da cidade.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações