terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

De olho na classificação, técnico da Ferroviária destaca regularidade

Com informações do site oficial da FPF
Foto: Beto Boschiero / AFE

Vinicius Munhoz elogia comprometimento do elenco afeano no torneio

Após oito rodadas disputadas, a Ferroviária ocupa a segunda colocação do Grupo C, com 12 pontos, apenas um atrás do Corinthians, líder da chave. Com estilo de jogo próprio voltado para retenção da possa de bola, os afeanos constroem, com regularidade, o caminho rumo a classificação às quartas de final do Paulistão.

“A nossa campanha é muito regular em questão de pontuação e de desempenho. Sabemos que é importante pontuar a cada rodada no Paulista. Quando não é possível vencer, é importante empatar e estamos mantendo a regularidade de desempenho de campo e pontuação”, disse o técnico Vinicius Munhoz.

Com apenas seis gols sofridos em oito partidas, a Ferroviária tem a terceira melhor defesa do Paulistão, atrás de Palmeiras (2), Ponte Preta (4), e ao lado de Santos, Red Bull e Novorizontino. Tais números, destacam o trabalho do elenco afeano segundo Vinicius Munhoz.

“Isso se deve ao grupo de jogadores de qualidade. Quando montamos esse elenco, procuramos atender a ideia de competitividade em diferentes momentos do jogo. Fizemos contratações que viessem de encontro com essa ideia, mas é claro que treinando e jogando a tendência é ir melhorando”, revelou Munhoz.

Continuidade e estilo de jogo - Com passagens por Grêmio Osasco, Audax, Mirassol e Inter de Santa Maria. Vinicius Munhoz está desde a última temporada no comando da Ferroviária, quando participou do vice-campeonato da Copa Paulista.

“Eu sou aquele profissional que acredita na continuidade, assim como a Ferroviária. Para mim é uma experiência importante, tenho aprendido bastante ao longo desse tempo. A cada rodada é um desafio novo, sem contar a vitrine profissional de ter mostrar ideias e aprender nas dificuldades”, explicou o treinador que pela primeira vez comanda uma equipe na elite paulista.

Munhoz também falou sobre o estilo de jogo proposto durante o torneio. “A ideia de jogo vai de encontro com o que o clube também pensa, que é de ter a bola e controlar o jogo a partir do jogo aproximado para a construção de jogadas. Acredito que assim conseguimos chegar de uma forma mais qualificada para tentar fazer os gols, já que em um jogo de bolas longas acaba perdendo um pouco desse controle e capacidade de definição”, explicou.

Por fim, o comandante afeano fez uma projeção do próximo confronto diante do Guarani. “A Ferroviária tem a proposta de trabalhar jogo a jogo, porque o trabalho diminuiu a ansiedade. O Guarani é outro adversário que vem bem colocado e jogando lá no Brinco de Ouro é forte. Vamos seguir trabalhando com o pensamento de evoluirmos, tendo o Guarani como foco”, concluiu.

O próximo compromisso da Ferroviária acontece diante do Guarani, nesta sexta-feira (1), às 21h, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, pela nona rodada do Paulistão.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações