sábado, 5 de janeiro de 2019

Portuguesa Londrinense e Marítimo "brasileiro" empatam pela Copa Rubro-Verde

Por Victor de Andrade e colaboração de Rodrigo Leite
Foto: Gabriel Andrezo

Portuguesa Londrinense enfrentou um Marítimo formado quase todo por jogadores brasileiros

A Copa Rubro-Verde, torneio amistoso que está sendo realizado pelo segundo ano consecutivo e que envolve os times de colônia portuguesa do Brasil, teve a sua segunda partida realizada na tarde deste sábado, dia 5, no Estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro. A Portuguesa Londrinense enfrentou o que seria a grande sensação do torneio, o Marítimo da Ilha da Madeira. O time paranaense chegou a abrir 2 a 0, mas cedeu o empate.

Logo de cara, os presentes no Luso-Brasileiro tiveram uma decepção. Tudo bem que já se esperava que a equipe principal do Marítimo não viria. A esperança seria um time B ou até um sub-23. Porém, o time português foi representado por jogadores que atuaram nas divisões de acesso do Rio de Janeiro em 2018 e com apenas um lusitano: André Teles. Já a Portuguesa Londrinense, que fazia sua segunda partida no torneio, queria se recuperar, já que havia perdido para a Lusa Carioca, na estreia, por 4 a 0.

O primeiro tempo foi bastante movimentado, com as duas equipes procurando o gol. Porém, o placar só foi aberto aos 46 minutos. O goleiro Gustavo Silva, após fazer uma defesa, agrediu Gabriel, do time paranaense e o árbitro marcou pênalti, além de expulsar o arqueiro. Na cobrança, o próprio Gabriel bateu bem, deslocando Dudu, que entrou, fazendo 1 a 0 para a Portuguesa Londrinense.

Na segunda etapa, o jogo "pegou fogo". Aos 10 minutos, Yan puxou um contra-ataque, passou por dois marcadores e tocou no canto esquerdo do goleiro Dudu, marcando um belo gol: 2 a 0 para a Portuguesa Londrinense, que parecia que ia levar os três pontos da partida. Mas o Marítimo não estava morto!

Aos 16 minutos, o time português formado por jogadores brasileiros diminuiu: Luan Conceição cobrou escanteio e Erick desviou, marcando o primeiro do Marítimo.  Aos 30', Guto invadiu a área e foi derrubado por Felipe e o árbitro marcou pênalti. O zagueiro foi expulso, deixando os dois times com 10 em campo. Na cobrança, Luan Conceição cobrou forte e marcou, empatando o jogo: 2 a 2 e assim o jogo ficou até o final.

O Marítimo volta a campo na Copa Rubro-Verde na terça-feira, dia 8, quando enfrenta a Portuguesa Carioca, às 16 horas, no Estádio Luso-Brasileiro. Já o time paranaense espera o resultado desta partida para ver se vai às semifinais ou se volta para casa. Neste domingo, dia 6, as Portuguesas de Desportos e Santista jogam no Canindé, em São Paulo, pela outra chave do torneio.
←  Anterior Proxima  → Inicio

Um comentário:

  1. Péssimo!!!
    Ao invés de valorizarem a competição, de fazer um negócio legal, para, quem sabe termos Tuna Luso e Vasco ano que vem, fazem uma palhaçada dessas.

    ResponderExcluir

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações