sábado, 5 de janeiro de 2019

Edmundo no Parma

Por Victor de Andrade


Polêmico e genial, o atacante Edmundo foi um dos melhores jogadores do Brasil nos anos 90. Ele tem duas passagens conhecidas pelo futebol italiano, sendo a primeira, mais famosa, pela Fiorentina, entre 1998 e 1999, e a segunda, já nos anos 2000, de seis meses pelo Nápoli. Porém, antes disso, ele já tinha atuado por um time do "país da bota", mas por apenas um único jogo: o Parma, em 1994.

E é muito simples explicar o porque Edmundo fez um jogo pelo time italiano. A empresa de laticínios Parmalat era a dona do Parma e grande parceira do Palmeiras e a equipe Crociati tinha um amistoso na Colômbia, contra a seleção local, em Cali, no dia 11 de maio de 1994. Porém, a equipe italiana tinha apenas seis titulares para o jogo, além de alguns reservas, já que os jogadores já estavam se apresentando para a Copa do Mundo.

Já Edmundo, por causa de uma de suas ações de indisciplina, estava afastado do elenco do Palmeiras e o Parma, através da Parmalat, acabou pedindo o atacante emprestado para a disputa do amistoso, o que foi aceito na hora. O próprio Edmundo gostou da ideia, apesar de deixar claro que não ia para o time italiano de vez. "Vou jogar este amistoso porque estou sem atuar aqui. Não é que vá para lá definitivamente", disse em entrevista para a Folha de São Paulo na época.

Edmundo, que quando teve a notícia de que ia jogar o amistoso estava na praia, no Rio de Janeiro, viajou para a Colômbia dois dias antes da partida e se apresentou ao técnico Nevio Scala já no hotel onde o Parma estava concentrado. O jogo não era fácil: a Colômbia havia sido a grande surpresa das Eliminatórias Sul-americanas, com uma goleada histórica sobre a Argentina, em Buenos Aires, e era apontada como uma das favoritas a vencer a Copa do Mundo.

Veja os gols da única partida de Edmundo pelo Parma

No dia 11 de maio, o Parma enfrentou a Colômbia em Cali. Apesar de no primeiro tempo a seleção local não ter feito um bom jogo, o time italiano teve dificuldades de entrosamento e também não estavam bem na partida. Com isto, os colombianos abriram o marcador aos 41 minutos, com Pérez, de pênalti.

Na segunda etapa, o Parma melhorou um pouco e chegou ao empate aos 4 minutos, com Edmundo , que atuou com a camisa 9, fazendo o seu único gol com a camisa do time italiano. Porém, o técnico Francisco Maturana mudou o esquema da Colômbia, que cresceu e venceu por 3 a 1, completando o marcador com Valenciano, aos 17 minutos, e Valderrama, aos 40'.

E assim foi o único jogo de Edmundo no Parma, com direito a um gol marcado. Depois disso, ele voltou para as férias de meio de ano, ainda afastado do Palmeiras, fez algumas negociações com alguns clubes, que não deram certo, e foi reintegrado ao elenco do Verdão após à Copa do Mundo, para ser bicampeão brasileiro pelo clube.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações