sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

As passagens de Müller pelo futebol estrangeiro

Por Lucas Paes

Müller em sua passagem pelo Torino: a primeira e mais longa do atacante no exterior

O ex-atacante Müller foi um jogador famoso nos anos 1980 e 1990. Um dos grandes ídolos da história do São Paulo, teve também passagens marcantes por Palmeiras, Cruzeiro e, mesmo que em menor proporção, Santos. O atacante teve também três passagens pelo futebol internacional, duas delas boas e uma nem tanto. Este é o tema da matéria de hoje.

Depois de um começo de carreira muito bom no São Paulo, onde ficou entre 1984 e 1988, sendo campeão brasileiro de 1986 e fazendo parte do histórico time dos "Menudos do Morumbi", Müller despertou a atenção do futebol italiano. Foi assim que acabou negociado com o Torino, que vinha de boas campanhas na época, num futebol italiano que representava nos anos 1980 algo parecido com o que talvez represente a Premier League hoje: era o Olimpo do futebol, o apogeu do mundo bola.

No Toro, Müller foi muito bem. Na primeira temporada, marcou 11 gols na Série A, foi o artilheiro do time na competição, mas acabou não conseguindo evitar o rebaixamento da equipe de Turim. Porém, brilhou nos grandes jogos, principalmente na incrível vitória dos Granatas contra uma Internazionale que era já campeã italiana e recordista, jogo onde Müller marcou um dos dois gols do time de Turim. Na segunda temporada, foi o artilheiro novamente da equipe, que foi campeã da Série B. Porém, na temporada de volta à Série A, Müller estava desgastado e acabou deixando a equipe no meio do período. Foram 75 jogos e 34 gols pelos granates, clube onde ele é ídolo. 

O gol diante da Inter em 1989

Depois de outro retorno ao São Paulo, onde participaria de um time que foi o maior da história do clube, Müller acabou indo parar no futebol japonês, em 1994, indo jogar no Kashiwa Reysol. Apesar das criticas à sua contratação, que ocorrera por um time que acabava de chegar a primeira divisão, o ex-tricolor teve boa passagem por terras nipônicas, onde marcou 18 gols em 24 jogos. Deixou o Kashiwa para retornar ao Brasil, onde faria parte de um dos grandes times da história do Palmeiras, a equipe do ataque dos 100 gols.

Depois de retornar ao São Paulo, Müller foi novamente para o Campeonato Italiano, em 1997 indo jogar pelo Perugia. Essa foi a passagem mais apagada do atacante por times estrangeiros. Nos Grifoni, acabou jogando apenas seis partidas e não marcando nenhum gol. Ainda em 1997, acabou por retornar ao Brasil, onde jogaria pelo Santos. O último clube de Muller foi o Fernandópolis, em 2015, no Paulistão da Segundona. 
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações