quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Enéas - Um craque com a camisa da Lusa

Fotos: arquivo Revista Placar

Enéas levantava os torcedores das arquibancadas com seus belos lances

Os anos 70 talvez tenha sido a época mais equilibrada nas competições de clubes do futebol brasileiro. Todos os grandes times do momento tinham os seu grande craque, aquele que poderia pintar na seleção a qualquer momento. A Portuguesa de Desportos, que na época brigava entre as potências, também tinha o seu: o grande Enéas, considerado por muitos o maior jogador da história do clube, que infelizmente veio a falecer em 27 de dezembro de 1988, exatos 30 anos.

Enéas Camargo nasceu em São Paulo, em 18 de março de 1954. Cresceu vendo o futebol brasileiro se tornar o melhor do mundo, ficando fã de gênios como Pelé. Com isto, resolveu seguir os passos de seus ídolos e se arriscou no futebol. Grande acerto! Enéas, mesmo estudando e trabalhando como office boy na adolescência, sempre arrumava um tempo para bater uma bolinha, seja no campo ou na quadra.

Aliás, foi com a bola pesada que ele começou a se destacar e a aprimorar os seus fundamentos. Isto encantou o ex-jogador Nena, que era responsável pelas categorias de base da Portugues, e o jovem fez a transição para o campo. Não demorou muito e o próprio Nena, em 1972, indicou o jogador para Cilinho, então treinador do time profissional e, assim, com 18 anos, Enéas assinava o seu primeiro contrato profissional.

Enéas comemorando um dos gols em sua carreira

Futebol calmo, frio e calculista, às vezes encarado como lento, Enéas impressionava pelas fintas curtas em um característico “zigue zague” herdado do Futebol de Salão. A grande conquista do craque com a Lusa veio já no ano seguinte, com menos de 20 anos. A Portuguesa conquistava o Campeonato Paulista, dividido com o Santos, em um dia com diversos erros de Armando Marques, que anulou um gol legítimo do Rubro Verde no tempo normal e errou na contagem das penalidades.

Apesar do homem do apito, a conquista da Portuguesa naquele Paulistão colocou Enéas entre os grandes do futebol brasileiro. Assim, começaram a vir as propostas de vários times, mas a Lusa recusava todas, tentando sempre manter o seu grande craque no Canindé.Em março de 1974, Enéas jogou sua primeira partida pela Seleção Brasileira no empate em 1×1 contra o México. Na época, seu nome disparou entre os mais cotados para disputar a Copa do Mundo. Mas na convocação final anunciada pelo técnico Zagallo, Enéas não foi relacionado no grupo que embarcou para os gramados da Alemanha.

Enéas e a sua Portuguesa novamente decidiram o título paulista em 1975. Dessa vez, o São Paulo do experiente e catimbeiro goleiro Waldir Peres ficou com o título. Já na Taça do Atlântico em 1976, Enéas foi convocado para vestir o uniforme canarinho. As sondagens para contratar o craque continuavam. E nada da Portuguesa liberar o jogador.

Em 1975, jogando contra o Juventus

E assim Enéas foi levando a vida até 1980, quando finalmente foi negociado com o Bologna Football Club da Itália. Chegava ao fim seu ciclo no Canindé, onde esteve em campo em 376 partidas e marcou 179 gols. Na Itália, Enéas enfrentou dificuldades para se adaptar. Frio rigoroso, neve, treinamentos pesados e um sistema de marcação forte e truculento.

Em julho de 1981, por uma quantia considerável de 50 milhões de cruzeiros, Enéas voltou ao futebol paulista para defender a Sociedade Esportiva Palmeiras. Depois, ele ainda passou por XV de Piracicaba (SP), Ponta Grossa (PR), Juventude (RS), Desportiva (ES) e a Central Brasileira de Cotia (SP), seu último time.

Em 22 de agosto de 1988, sofreu um grave acidente de carro na Avenida Cruzeiro do Sul, em São Paulo, e foi internado, em coma, com uma luxação na coluna cervical. Morreria quatro meses depois, em 27 de dezembro, aos 34 anos, vítima de uma broncopneumonia. Ele deixou saudade nos torcedores da Lusa e dos fãs de futebol.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações